Publicado em Programas

Clientes Pauzudos

Olá!!

Vim falar de uma questão muito delicada e que venho sofrendo bastante ultimamente.

Vivemos numa cultura que gosta de colocar o cara lá em cima se ele tem pau grande. Mas bom para quem? Pra ele mesmo? Claro que se o pinto é muito pequeno não sentimos nada, mas também se for absurdamente grande sentimos demais, ao ponto de nos machucar. E é justamente o que tem acontecido comigo quando pego clientes pauzudos. 😖

Antes de pensarem que é frescura, sou eu que convivo com o meu corpo e sei dos meus limites. Sou muito magrinha e minha vágina é super pequena, então enquanto o cara está sentindo “apertadinho”, já eu sinto rasgando. 😖

Por mais delicado que o cara seja, por mais cuidado que tomemos, eu já sei no momento em que olho para o dito cujo, que não conseguirei atender ninguém depois. E como com o cliente de depois já não dá para desmarcar por estar muito em cima, sou duplamente prejudicada e por um outro que na verdade não tem nada a ver com isso rs.

Já perdi as contas de quantas vezes eu tive que desmarcar clientes de um ou dois dias seguidos, posteriores ao pauzudo, por ainda não estar recuperada (inclusive até abria o jogo para o cliente que eu estava desmarcando). E não acho que isso seja justo. Não é justo para mim que perco dinheiro, nem para a outra parte que se programou para aquela escapada naquele dia.

Então, tendo em vista tudo isso, gostaria de pedir a compreensão de todos, para algumas mudanças que farei no meu atendimento com esse tipo de perfil bem dotado. Aliás, para os que chegaram até aqui e ainda não conseguiram compreender o meu lado, peço que leiam o relato do cliente 234 (foi após esse atendimento que resolvi criar esta regra). Nele está mais detalhado o que passo em situações como essa. Só clicar abaixo:

Cliente 234 – “O Sofrido”

Não irei minar as chances de um cliente assim me conhecer, contudo, se terei um trabalho redobrado no atendimento, acho justo que o pagamento também seja. Então a partir de hoje cobrarei o valor do tempo escolhido multiplicado por dois. Ressalto que independente do cara estar pagando mais, terei que ficar de molho no dia seguinte do mesmo jeito, e essa foi a forma que encontrei de não ser TÃO prejudicada.

O que é considerado pau grande pra mim?

• Comprimento do pênis acima de 15 centímetros;

• Grossura acima de 13 centímetros de circunferência.

Obs.: Óbvio que não andarei com uma fita métrica na bolsa, mas sei bem identificar algo muito diferente disso.

Como sei que tem muitos caras que me contatam sem ter conhecimento do meu blog, terei todo um trabalho de filtrar isso antes e ninguém chegará lá desavisado. Se acontecer de alguém agir de má fé, dizer uma coisa (para não ter que pagar o valor multiplicado) e no quarto eu me deparar com outra, saibam que não prosseguirei com o atendimento, pois o dinheiro ganhado ali, não compensará os que perderei não atendendo no dia seguinte.

Então por favor, sejam honestos quando eu perguntar, e se for acima das minhas especificações, reflita se quer mesmo sair comigo pagando dobrado.

Obrigada.

Autor:

Sou aquela moça bonita que se passar do seu lado na rua, você nunca imaginará que é uma acompanhante de luxo. Com uma aparência recatada e um jeitinho inocente, prezo pela discrição e o sigilo. Admirada por alguns e odiada por outros, essa sou eu, prazer Sara Müller! (Sim, com trema no U.)

45 comentários em “Clientes Pauzudos

  1. Se levar em conta que a média do brasileiro é de 14 cm… Você não está sendo muito restritiva?
    Até porque cobrando o dobro… você vai estar numa faixa de preço que talvez você não pertença …

  2. Nossa! Parece que agora a Sara será exclusiva dos japoneses, ou, então, só pagando dobrado.
    Uma pesquisa britânica estabeleceu que o tamanho considerado normal de um pênis e 13 cm.
    Outra pesquisa diz que a média do brasileiro é de 16 cm.
    http://www.vix.com/pt/bdm/saude/acima-da-media-pesquisas-mostram-tamanho-do-penis-do-brasileiro-e-comparam-com-outros-paises
    Outras pesquisas sugerem que o tamanho médio do brasileiro é o considerado o ideal pelas mulheres:
    http://www.vix.com/pt/bdm/saude/acima-da-media-pesquisas-mostram-tamanho-do-penis-do-brasileiro-e-comparam-com-outros-paises

    Mas, de qualquer forma, como foi dito por você mesma, tais pesquisas não servem de parâmetro, pois cada um é cada um, seu corpo, suas regras.

    1. Segue abaixo uma referência entre tamanhos, a média dos brasileiros por sua alta miscigenação é de 12,4 cm. Dos japoneses no entanto, 13 cm, ou seja, nenhum dos dois apela para a preferência da Sara, apenas as exceções.

      “…Têm pênis pequeno?

      Isso é uma das maiores calúnias já perpetradas contra nossos amigos nipônicos! Se você quer mesmo saber, o bilau do Sol nascente costuma ser maior que o brasileiro. Segundo o Japanese Journal of Sexology, a média japonesa é de 13 cm. No Brasil, devido à grande miscigenação de raças, a média é de 12,4 cm. Bem está a África do Sul: lá o índice é de 15,9 cm. ”

      Fonte: http://super.abril.com.br/historia/por-que-os-japoneses/

      “Revista Superinteressante”.

  3. Quem acha que japones nao é dotado esta equivocado. Essa estoria é puro mito, lenda urbana. Dentro de uma mesma etnia existem variacoes consideraveis. Seria o mesmo que dizer que todo oriental tem cabelo liso, o que nao é verdade!
    E pesquisas populacionais aobre o tamanha do penis em uma determinada populacao nunca ouvem as mulheres.
    Ou seja, a Sarah, pra quem ja teve a felicidade de conhece-la pessoalmente, tambem nao esta dentro dos padroes da mulher brasileira, muito pelo contrario!!!!
    E nao devemos polemizar sobre sua decisao, o corpo que sofre é o dela. Por isso ela pode tentar escolher seus clientes por determinados criterios estabelecidos por ela.
    E pros caras que tem um pau grande, fiquem tranquilos, porque nao vai faltar mulher que gosta, prefere e nao se machuca em fazer sexo com voces. Algumas talvez nem cobrem se voces forem realmente tao bons!!!

  4. Nusss mas qta polêmica… Eu só acho que a opção por dobrar o cachê pode ser um tanto equivocada… Uma vez que ela faz parte de uma das poucas profissões onde experiência não traz aumento financeiro… Pelo contrário… E como ela mesmo diz que tem 2 anos no ramo e quase 30 anos não deveria ser tão restritiva…

    1. Não é equivocado, pois a minha intenção aqui não é faturar, e sim desestimular a procura desse tipo de perfil que sempre que aparece não é vantajoso para mim atender.

      Agora se o rapaz estiver disposto a pagar o cachê dobrado, atenderei só ele, e esse pagamento a mais servirá para compensar o dia “perdido” só com ele.

      Não falei do tempo de carreira no intuito de mostrar experiência, e sim apenas como parâmetro que a média brasileira que você enfatizou tanto, para mim não quer dizer nada, pois a maioria dos meus clientes são abaixo disso.

      Ahh e não tenho quase 30 anos, e mesmo que fosse, não é isso que determinaria o quanto eu devo cobrar.

      Me impressiona essas pessoas que nunca se dispuseram a sair comigo e criticar algo sem nem me conhecer ou saber como é o meu atendimento.
      Entre tudo que disse nesse post, você só se importou em apontar o aumento do cachê, e a parte que fico dolorida depois e que perco outros atendimentos por conta de uma pessoa?! Todo mundo só está voltado para o seu próprio umbigo.

    2. Cada GP cobra o que quer e cada cliente paga a que achar que vale. Primeira lei da economia: oferta e demanda. Simples assim e sem motivo para polêmica.

  5. Acho que a Sara começou a purpurinar, tal critério, ao meu ver, é apenas uma forma de seletividade visando ganhar mais por menos. Se fosse algo que realmente causasse problemas por que, depois de anos de suposto “sofrimento” , só agora cria essa regra?

    1. Visando ganhar o justo pelo justo, você quer dizer né?! Rs.

      Pq só agora depois dois anos que resolvo criar essa regra? Essa pergunta é muito simples, pq cheguei no meu limite. Se pegarem para ler todos os relatos de encontro com pauzudos, em muitos eu falo que fiquei assada depois. Mas quem se importa não é mesmo?

      Não sou paga para sentir dor ou desconforto na parte íntima.

  6. u não sabia que os comentários no blog estavam restritos apenas para clientes… E quanto à idade… Eu apenas deduzi que fosse quase 30 por você não divulgar qtos anos tem…mesmo sendo tão detalhista…

    1. Gosto que comentem com conhecimento de causa. E não que sejam só tarados empolgados em relatos de sexo anal.

      Não divulgo a idade pq se for pra mentir que tenho 18 igual muitas fazem, prefiro dizer apenas quando me perguntam.

  7. A verdade é que o assunto é polêmico, a maioria atende meia boca, restringe tempo de transa, gozadas, posições, fica de frescura na hora da transa e você se fode depois de já estar lá…

    Já a Sara atende e segue o ritmo do cliente, e nessa os mais dotados acabam complicando.

    Quem já saiu com a Sara sabe que a bucetinha dela é apertada como poucas.

    Logo, resta aos que estão num perfil avantajado pra ela e não podem compensar o dia perdido procurar outras alternativas….

    1. Exatamente, se o rapaz com pauzão não está disposto a pagar mais para sair comigo (que é um direito dele e não é obrigado a nada), há muitas outras alternativas.

      Esta tarde recebi um email de um rapaz propondo um encontro sem penetração, igual faço quando estou em período menstrual e concedo aquele desconto.

      Não são todos que estão dispostos a um atendimento assim, mas são apenas possibilidades…

      Até porque tem algumas Gps que no seu anúncio diz que só atende orientais. Eu não estou vetando ninguém.

  8. Puxa vida Sara… Eu não fico tarado empolgado apenas com relatos de sexo anal…e sim com todos…inclusive quando você atende pauzudos… You hurt my fellings

  9. Primeiro tem que sair pra entender.
    Realmente a fente sai com meninas que querem te fazer gozar 1 vez e tchau. Te chamam de amor e fingem gozar.
    Sair com a sarah mesmo na red week é maravilhoso!!!! E ela é pequenininha mesmo, delicada.
    Sugiro que leiam um manual do escoteiro chamado kama Sutra onde a questao da proporcionalidade entre a yuni e o lingham é importante.
    Para caras grandes existem as mulheres potrancas, panicats e afins, sem nenhum demerito, sao muito gostosas! Mas a sarah é bem diferente desse tipo, lindo, de mulher, com um palmo de boceta!

  10. Pelos relatos da Sara e pelos dos clientes ela se dedica à um encontro com muito mais que apenas sexo, pq tem muito repeteco(mesmo sem penetração), e sempre com elogios… Ou seja, o maior perigo que se corre saindo com a Sara é se viciar nela, então não é justo a menina se machucar. O $$ é importante, e a saúde dela, mais ainda. Ela está sendo sincera como muitas não são, e vai estabelecer critérios pra que o encontro seja ótimo para ambas as partes.

  11. Olá Sara, nunca vi um post seu gerar tantos comentários e longe de mim querer entrar no mérito da sua decisão, o corpo é seu e pra você é uma maneira ter uma compensação financeira pelos clientes que deixa de atender. Isso vai afastar vários, mas também vai atrair aqueles que querem justamente uma “apertadinha”. Já pensou em um cliente que marque um programa de quatro horas,por exemplo? E se ele quiser transar no mínimo quatro vezes, o que não é difícil, pelo tempo combinado? Você cita que mesmo quando um “pauzudo” é carinhoso, você sente que está “rasgando”, e no caso de quem gosta de uma pegada mais forte? E não estou falando de BDSM e apenas uma coisa mais intensa, o que você em alguns relatos até permite.
    Faço essas perguntas, porque isso pode acontecer e por mais que você atenda clientes que pareçam ser educados, quando se trata de sexo pago, o cliente sempre vai dizer que o combinado não sai caro e se você não aguentar um cliente que está pagando à mais, as coisas podem ficar complicadas pra você. Até o cara que te leva bombons e ursinho pode se tornar um babaca quando as coisas não saem do jeito dele. Pense nisso e se cuide.

  12. Espero que seus clientes sejam sempre sinceros com você.
    E Sara mudando totalmente de assunto, dificilmente eu vou conhecer pois moro à uns 10.0000 km de voce, e você já disse que acha os seus pés feios,mas você poderia postar uma foto deles? Pode ser no seu Twitter ou aqui no blog. Pode ficar tranquila que eu não vou ficar insistindo e continuarei seu leitor mesmo se não der pra me atender, mas ficarei muito feliz se puder, beijos.

  13. Oi Sara, sou gaúcha e acompanho seu blog há algum tempo, pois temos um cliente em comum que me mostrou seu site, há algum tempo, por nos considerar parecidas em questão de modo de atender os clientes e por termos sites parecidos.
    Resolvi comentar para deixar registrado que eu te entendo e que passo pelo mesmo problema. O que eu fiz para resolver isso é: 1- se é muito grande eu tento fugir da penetração demorada e apelar para outras formas de prazer, tipo oral, etc.. Mas se o cara insiste em penetração demorada eu aguento (e depois fico machucada 😦 ) 2- Quando atendo esse perfil é uma vez só, não marco novamente nunca mais.
    OBS: difícil pegar um acima de 15 cm. Tu estás certa nas medidas que padronizastes.
    OBS 2: tem alguns pauzudos que sabem fazer sem machucar e que respeitam nossos limites. Esses estão de parabéns!
    Beijo menina, tudo de bom para vc!
    PS: quando me pedem uma indicação em SP, sempre falo sobre vc, mesmo não te conhecendo, rs. 😉

    1. Oii Mylena!! Obrigada pelo comentário, primeira vez que uma GP sai em minha defesa num assunto desses rs. 😃

      Qual cliente?? Agora fiquei curiosa!! Rsrs. Ele disse qual o apelido dele aqui no blog?

      O item 2 estou adotando também! ✔️

      Obs. 2: concordo plenamente com você!! Tem uns que são super cuidadosos.

      E fico super lisonjeada com a sua indicação! 😍 Muito obrigada!! ❤️Vou começar a te indicar também! 😊

  14. Vc está certa em determinar as regras, tem muito “filhote de cruz credo” e “brucutu”, que não tem noção.
    Adorei seu relato, de viagem prá Miami, ri muito. Tá muito bom. Minha filha casa, dia 7/9 e estou na maior correria, como vc pode imaginar. Mas depois de tudo resolvido, espero ter o prazer de te conhecer. Desculpe não te convidar, é por que a lista de convidados, ficou exclusivamente, por conta da filha e genro, e não “apitei” em nada. rsrs. Beijos do Carlos Alberto. 😚 💐

    1. Fico muito feliz quando compreendem minhas razões Carlos. 🙂
      Muito bom receber um elogio do post de Miami, a intenção é justamente essa! Fazer vocês rirem bastante! Rsrs.
      Quanto ao casório da sua filha, tudo bem, mandarei boas energias mesmo de longe!!Aguardarei você estar tranquilo para vir me encontrar então!! 😀

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.