4 comentários em “Os números de 2015

  1. Estou chateado por você. Gostaria de poder fazer alguma coisa e não sei como. Acho que todos que gostamos de você sentimos sua falta. Hoje a tarde eu sentei ali no Vienna (esquina da Augusta com Alameda Santos) tomando um café sozinho e vendo as pessoas indo e vindo na calçada. Também me aconteceram coisas ruins esse ano e estava lembrando e buscando forças para continuar. Lembrei de você. Não porque você também disse ter acontecido algo ruim com você, mas porque eu senti falta de alguém do lado e talvez você também sinta. Não para dividir ou ajudar, mas apenas para dizer eu estou aqui.

    Acho que você sente esse carinho de todas as pessoas que escrevem aqui e para você.

    Espero que esteja bem menina. Estamos todos em silêncio pensando em você e por você. Estamos juntos. Do seu lado.

    Um lindo 2016 para você.

    Beijo.

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.