Publicado em Clientes Que Gostei!

Repeteco com o Carinhoso!

Dessa vez ele estava mais carinhoso do que nunca! Seria a saudade?! Afinal fazia muitoo tempo que não nos víamos e nas suas duas últimas tentativas não obteve sucesso, já que em uma eu estava naquele recesso estudantil e na outra red week.

Me pegou de carro numa estação de metrô e fomos para o seu apartamento. Ao chegarmos, perguntei se poderia deixar meu celular carregando e também pedi por um copo d’água, ele todo solicito me deixou a vontade para usar a tomada e pegou água para mim. Apesar da sede, não consegui tomar tudo de uma vez, pousei o copo na mesa e fomos para o sofá. Começamos a nos beijar bem lentamente. Conforme nos beijávamos, ele foi me despindo aos poucos, começou pela minha blusa, depois calça, sutiã e por último, quando já estava agachado na minha frente, retirou minha calcinha.

Nesse encontro saímos um pouco do roteiro padrão dos acontecimentos, pois sempre eu o chupo primeiro, para depois ele me chupar, mas dessa vez ele tomou a frente. Como sempre chupou caprichado, delicioso. Não gozei no oral (o quê não quer dizer que não estava muito bom), depois pedi que me deixasse chupá-lo também, o quê não foi atendido de imediato, já que ele não queria largar o osso rs. A essa altura ele já estava sem camisa, quando se levantou, o ajudei a tirar a calça e lá estava seu pau, ereto na cueca box preta. Comecei a chupá-lo agachada, com ele de pé. Após um tempo ele me puxou para cima e voltamos a nos beijar intensamente.

Achei que ele já fosse querer ir para o quarto nesse momento (como ocorre toda vez, após as preliminares), mas não, novamente uma quebra no roteiro, ele se deitou no sofá e pediu que eu sentasse no seu rosto, pois queria me chupar mais! 😮 O obedeci, quem sou eu para discordar?! Hehehe. Depois deitei por cima dele, o beijando mais e roçando a xaninha, não muito depois disso, fomos para o quarto!

Dessa vez não tinha música de fundo, estava tudo em pleno silêncio. Voltamos a nos beijar, com ele deitado por cima, roçando o pau na xana novamente. Enquanto ele ia e vinha, roçando o pau bem no meu clitóris, acabei gozando. Ao perceber que eu tinha “ido”, ele disse “assim não vale” e demos risada, falei que se ele queria também, que entrasse logo então hehehe. Sendo assim, após essas preliminares, fomos para os “finalmentes”. Ele pegou a camisinha, encapou e veio por cima no papai e mamãe (até então a mesma posição de sempre), entretanto nessa noite houve mais uma alteração, após um tempo metendo daquela meneira, me pediu que ficasse de quatro!! Assim o fiz e não trocamos mais, até que após um tempo de estocadas, gozou.

Quando terminou, se deitou, me aninhei nele e ficamos conversando. Foi muito divertido o papo e demos várias risadas, tudo começou quando falei do meu gato, depois o assunto foi para ratos, até que chegou nas baratas hahaha, ficamos trocando histórias com baratas e ri demais com ele contando, de uma vez quando ele ainda pegava ônibus, disse que a barata estava no ônibus, aquelas bem grandes que voam, e que foi um “Deus nos acuda” hahahaha comecei a rir imaginando a situação, ele dava detalhes, contando que ninguém a matava (nem mesmo os homens) e que todos ficaram em pânico sem terem para onde correr! Hahahaha. Nunca imaginei que fosse possível uma baratona no ônibus, foi mesmo muito engraçado! Rsrs.

Depois falei que precisava tomar banho, ele começou a me abraçar mais ainda não querendo que eu fosse rs, mas acabou cedendo e me indiciou a toalha que já havia deixado separado, eu estava um pouco avoada e mesmo ele indicando a direção, parei ao lado da toalha e não a vi, daí ele fez a última piadianha “se fosse uma barata, já tinha te pegado” rsrs.

Mesmo eu me banhando primeiro, quando ele terminou eu ainda estava me vestindo (demorei passando creme no corpo e tal) daí enquanto eu me arrumava, ele fez algo que eu sempre pedia, desde quando fui em seu apartamento pela primeira vez e vi um violão ao lado do sofá, ele começou a tocar “More Than Words” do Extreme, e enquanto eu estava no banheiro retocando a maquiagem, ouvi ele cantarolar (até então ele não estava cantando), apareci na sala para ver, e ele imediatamente ficou quieto, me olhou e disse “agora fiquei tímido de novo” hahaha, uma graça! Me levou até o metrô de volta.

29 comentários em “Repeteco com o Carinhoso!

  1. Oi Sara, tenho uma curiosidade feminina rsrs
    Vc tem vários clientes tão apaixonadinhos por VC , todos tão cuidadosos em tratar VC
    Vc não faz anal com eles por não gostar , ou tem algum receio, ou é algo entre VC e seu namorado?
    Bjus

    1. Oi Paty! 🙂 Não faço por não gostar, de vez em quando até faço com meu namorado, mas não é algo que eu curta muito não, prefiro muito mais o vaginal.

      Você curte fazer anal?

      Beijos.

      1. Com meu ex não curtia , mas as vezes saio com um carinha que tem pau pequenino, mas ele sabe usa-lo bem rsrs
        E com ele tem cido muito bom, mas ele não fica bombando, ele me pega de ladinho coloca e só dá umas mexidinhas sem ficar tirando e colocando, e enquanto meche com uma das mão ele vai me dedando
        E beijando meu pescoço
        Hummmm isso é muito bom rsrs

        1. Então, eu deveria experimentar com alguém que tenha pau pequeno também, pra ver se a experiência seria diferente rs. Pela sua descrição acho que deve ser bom mesmo, mas como ele consegue sentir prazer se o interessante está no vai e vem?

      2. Sim rsrs
        Digamos que ele tá entre os mais comentados rsrs
        Acho que VC vai sabeRRR que é kkk
        Fazemos faculdade junto ele é um amoRRR mesmo e posso dizer que é como VC relatou mesmo suas qualidades

      3. Issooo kkkkk
        Não , eu estudo na mesma faculdade que ele e começamos a sair numa festa daqui rsrs
        Há ele tá aqui comigo agora na minha república rindo muito, porque Apostamos sobre VC adivinhar quem era kkkk
        Eu falei que VC acertaria de primeira e ele falou que não, que tem mais gente que puxa o R e que talvez já tinha até esquecido dele kkkk
        Resumindo adivinha que vai lavar a louça kkkk o Chiquinho
        Bento
        Ele mandou falar que assim que começar com os pernoites volta a te ver rsrs
        Bjus dos dois

    2. Haa e pra deixar uma curiosidade esse carinha já saiu com VC e em uma das conversas descobrimos que temos um interesse incomum
      Somos leitores do seu blog rsrs

  2. Sara li em alguns posts seu e fiquei com a impressão que te dá tesão vendo os caras gozarem, rsrs, principalmente em cima de VC , procede? Eu fico muito excitada quando gozam em mim rsrs.
    Mas não sei como é sua relação com seu namorado , mas VC tem impressão que os homens sentem um grande tesão chegando ser uma tara em gozar dentro da boca ?

    1. Oi Tininha!

      Não necessariamente tesão, mas sensação de dever cumprido. Não possuo nenhuma preferência específica que seja no meu corpo não, na verdade prefiro que gozem metendo, pois ao gozarem no meu corpo, tiveram que terminar na punheta, e me sinto mais produtiva se conseguir fazê-los gozarem durante o ato sexual, sem interrupções. Claro que, antes na punheta e gozar em mim, do que não gozar de nenhum jeito rsrs.

      Quanto ao gozar na boca, acredito que sim, que eles gostam, só faço isso com meu namorado e ele mesmo diz que para o homem é muito prazeroso gozar na boca da mulher, é como se ele fosse o “fodão” que está no comando, e a mulher a sua “escrava” que ele pode fazer o quê bem entender.

      Acho que os homens podem participar aqui complementando a minha resposta, vocês concordam que seja uma tara gozar na boca??

      1. Nunca curti isso. Nem mesmo sobre o corpo da menina. Como você diz o normal é durante o ato sexual e nunca me masturbei porque não consegui ter orgasmo com uma menina. Nunca me aconteceu isso. Já falhou total por causa de bebida, mas nesse caso nem começamos a gente dormiu mesmo.

      2. Sinceramente não faz parte das minhas maiores taras. Se for pra gozar na boca, que engula de uma vez. Tem menina que você nem terminou de gozar já sai correndo pra cuspir.

        Sei lá, depende da situação. Eu prefiro tirar na hora H e gozar no corpo da menina. Mas gosto de ficar lá dentro também.

  3. Sara, teu blog é ótimo, você parece ser ótima principalmente porque transparece que gosta do que faz.

    Agora tô aqui pra pedir um conselho/ajuda (se estiver muito chato meu pedido pode ignorar sem maiores mágoas hahaha)

    É o seguinte.. Uns meses atrás inventei de fazer 6 meses de despedida de solteiro (me mudei para morar junto na última sexta feira). Então teoricamente não sou mais solteiro.

    Nesses seis meses fui pra um monte de boteco com meus amigos, balada, e até que conheci uma “zoninha” num lugar ultra discreto e comecei a frequentar mais esse local.

    Ali conheci um monte de GPs, a gente bebia e dava risada juntos. Até saí com algumas, mas nada de mais. Sexo, dorme, acorda, 200tão no bolso delas, chama o taxi, vai embora e fim de papo, continuamos amigos.

    Agora na reta final enfiei o pé na jaca de verdade. Comecei a ir mais e mais no lugar, mudaram algumas meninas e acabei ficando com duas diferentes lá – uma de cada vez – a S e a J.

    Problema disso tudo é que estou viciado nas duas. Fico o dia todo no whatsapp conversando com elas, fazendo planos para a próxima saída. Sábado consegui um tempo sozinho (tipo 1 hora e meia), busquei a S, transamos e depois ela ficou braba comigo porque eu quis pagar pelo programa.

    A J também fica o tempo todo nessa da gente sair, que quer me ver e etc. De quinta pra sexta passou me buscar as 2 da manhã e saiu lá de casa ao meio dia!!

    Entende a situação? Quinta pra sexta saí com a J, sexta pra sábado me mudei para morar junto com minha noiva e sábado a tarde já consegui arrumar um tempo pra S!! E no meio da história ainda não deixei faltar sexo pra minha noiva.

    O que devo fazer? Você já teve envolvimento sentimental mais profundo com algum cliente? Será que elas ficam nessa porque tenho um carro bom, uma profissão legal, e sou generosíssimo nos presentes? O que acharia se algum cliente se mostrasse assim mais apaixonado que o normal?

    Tô meio perdido, pois nunca me vi assim viciado em sexo e nem acho que seja esse o caso. O caso é ter um sentimento de querer cuidar das duas, até paternal (S tem 19 anos menos que eu, J tem 16) e sentir que elas “retribuem” esse sentimento às vezes até muito mais intensamente (como é o caso da S).

    1. Olha Dedex, para você que acabou de se casar, não acho bacana ter todo esse envolvimento não, o homem casado, deveria se envolver com GPs apenas para saciar suas necessidades sexuais, se envolver emocionalmente é pedir para entrar em confusão.

      Nunca tive envolvimento sentimental com cliente, pois namoro e imponho limites. Essas meninas são comprometidas ou solteiras?

      Tenho um cliente em especial que já disse estar apaixonado por mim, é uma situação complicada, pois ao mesmo tempo que não quero incentivar, também não quero perder o meu melhor cliente. Sugiro que você vá com calma, tente ser menos generoso nos presentes e avalie se essa “intensidade” ao qual se refere, continuará a mesma. Saberá logo se é interesse ou não.

      1. As duas solteiras, a mais nova é mãe. A outra só estuda. É pepino mesmo, vou fazer isso que me aconselhou, de dar uma segurada nos presentes. Quero ver até onde vai tanto “amor” hahaha

        Muito obrigado pelo conselho, virei muito seu fã.

      2. Desculpem a minha caretice, mas acho que trair a namorada ou mulher não é nada legal. Significa que ela não é tão importante para você ou ela não é suficiente para você então precisam conversar. Quem ama não trai eu te garanto e não precisam sair com GP para afirmar a sua masculinidade. Agora se curtem mesmo isso então não se envolvam com alguém. Se curtem tanto assim sexo vivam por ele apenas. Respeitem os sentimentos de alguém. Me perdoem eu penso assim.

      3. Na real a mais nova tem 20 e a outra 23. Eu que tenho 40.

        Em termos gerais concordo com você, Afonso. Porém, tudo depende do que se entende como “traição”. Obviamente que eu não perdoaria uma dessas vinda da parte dela, mas ao mesmo tempo, na minha cabeça, tudo não DEVE passar de diversão. E só.

  4. Ah e desculpa te “usar” como psicóloga ou algo do tipo. Só queria uma opinião de quem entende mais do assunto do que eu.

    Só por enquanto não poderei agendar com você, pois não moro em SP. Mas seria um imenso prazer.

      1. e vai ser uma brilhante e famosa jornalista e igualmente escritora. Dá para sentir em você Sara a estrela do sucesso. Beijos

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.