Publicado em Clientes Que Gostei!

Repeteco com o Enérgico!

Dessa vez o atendi em domicílio! Ele chamou um Uber para mim, que me levou até o seu apto na zona sul. O porteiro liberou a minha entrada, peguei o elevador e fui até o seu andar. Me senti na novela Verdades Secretas rs. Sua porta era a última. Eu nem precisei bater, pois ele abriu no mesmo instante em que cheguei no final do corredor (deve ter ouvido os meus passos ressoando). Nos cumprimentamos, e pedi licença, conforme ia entrando e colocando minha bolsa na mesa. Daí me virei para ele e nos beijamos. Depois me encaminhou para o sofá e continuamos a brincadeira lá.

Aos poucos fui descendo a mão para seu pau, até que abri sua calça e bati uma enquanto o beijava. Quando fui me ajoelhar para chupar, ele gentilmente providenciou um estofado, para que eu não machucasse os meus joelhos no chão rs. Daí pediu que eu tirasse o vestido, me deixando apenas de lingerie e salto. Quando ia chupá-lo, não sei porque, mas já fui direto fazendo beijo grego e ele gostou muito! E só após bastante tempo que subi para seu pau. Hummm. Depois ele me sentou no sofá, exatamente onde ele estava sentado antes, e me chupou também, beeeem gostoso. 😏 Depois ficou me dando umas “pintadas” até que encapamos para ele entrar naquela posição mesmo.

Essa foi a primeira vez que transei sem tirar o sapato! Até me senti aquelas atrizes pornô com o saltão no pé! 😅 Estocou muito! Comecei a me masturbar e gozei após um tempo. Ele continuou estocando mesmo após eu gozar e depois me colocou de pé contra a pia. Mais um tempo de estocadas e, não satisfeito, ainda me levou para de frente de um espelho gigante que ele tinha na sala. Mais bombadas assim, me pegando por trás, olhando nosso reflexo no espelho. Depois voltamos para o sofá e me sentei por cima dele. Cavalguei com gosto. Após um tempo voltou a me pegar no frango assado e de vez em quando apertava o meu pescoço, me deixando com ainda mais tesão! Depois de mais alguns minutos metendo, enfim ele gozou. Ufa!

Daí me deixou na sala, e foi para o andar de cima, tirar a camisinha e lavar o pau. O aguardei sentada no sofá. Quando resolvi olhar para cima, bem nessa hora ele soltou uma camiseta dobrada, que caiu em cima do meu colo. – Ele queria que eu vestisse a camiseta dele? – Pensei curiosa. Daí ele perguntou se eu estava com frio e acrescentou que eu poderia usar, mas recusei pois ainda estava com a temperatura do corpo bem quente. Quando desceu as escadas, pedi para também usar o banheiro, que a propósito parecia de hotel rs.

Quando voltei para o sofá, ele já queria engatar outro beijo, mas eu ainda estava sem fôlego e pedi um copo de água. Começamos a conversar nessa hora, e fiquei bastante aliviada de darmos uma pausa decente rs. Ele parece uma máquina, não cansa nunca! Após alguns minutos voltamos a nos beijar, e então o chupei de novo. Mais rápido que a primeira transa, já fomos para a segunda. Me pegou no frango assado outra vez. Novo capote, gel e pau pra dentro! Estocou muito e determinado momento eu já estava começando a sentir que eu não aguentaria por muito tempo, minha xana já estava começando a reclamar. 😕 Ainda assim, continuei curtindo, me masturbei e consegui gozar a segunda. Depois o avisei que não iria aguentar muito, mas que ele poderia continuar até gozar. Ele aproveitou muito bem e só no segundo round gozou duas vezes!! Sendo que de uma gozada para outra seu pau sequer amoleceu e ele continuou metendo. Ainda gozou a quarta vez comigo punhetando! Haja porra! – Se bem que à essa altura nem saía mais rsrs -.

Depois subimos para o banheiro juntos. – pedi que ele aguardasse do lado de fora primeiro enquanto eu fazia xixi e me limpava. – Ele não mencionou que eu poderia tomar um banho, então deixei para tomar em casa mesmo. Já ele se banhou, e lhe fiz companhia no banheiro. Depois me acertou e chamou o Uber para que me levasse embora. O encontro durou 3h.

Publicado em Clientes Que Gostei!

Repeteco com o Carinhoso!

Dessa vez ele estava mais carinhoso do que nunca! Seria a saudade?! Afinal fazia muitoo tempo que não nos víamos e nas suas duas últimas tentativas não obteve sucesso, já que em uma eu estava naquele recesso estudantil e na outra red week.

Me pegou de carro numa estação de metrô e fomos para o seu apartamento. Ao chegarmos, perguntei se poderia deixar meu celular carregando e também pedi por um copo d’água, ele todo solicito me deixou a vontade para usar a tomada e pegou água para mim. Apesar da sede, não consegui tomar tudo de uma vez, pousei o copo na mesa e fomos para o sofá. Começamos a nos beijar bem lentamente. Conforme nos beijávamos, ele foi me despindo aos poucos, começou pela minha blusa, depois calça, sutiã e por último, quando já estava agachado na minha frente, retirou minha calcinha.

Nesse encontro saímos um pouco do roteiro padrão dos acontecimentos, pois sempre eu o chupo primeiro, para depois ele me chupar, mas dessa vez ele tomou a frente. Como sempre chupou caprichado, delicioso. Não gozei no oral (o quê não quer dizer que não estava muito bom), depois pedi que me deixasse chupá-lo também, o quê não foi atendido de imediato, já que ele não queria largar o osso rs. A essa altura ele já estava sem camisa, quando se levantou, o ajudei a tirar a calça e lá estava seu pau, ereto na cueca box preta. Comecei a chupá-lo agachada, com ele de pé. Após um tempo ele me puxou para cima e voltamos a nos beijar intensamente.

Achei que ele já fosse querer ir para o quarto nesse momento (como ocorre toda vez, após as preliminares), mas não, novamente uma quebra no roteiro, ele se deitou no sofá e pediu que eu sentasse no seu rosto, pois queria me chupar mais! 😮 O obedeci, quem sou eu para discordar?! Hehehe. Depois deitei por cima dele, o beijando mais e roçando a xaninha, não muito depois disso, fomos para o quarto!

Dessa vez não tinha música de fundo, estava tudo em pleno silêncio. Voltamos a nos beijar, com ele deitado por cima, roçando o pau na xana novamente. Enquanto ele ia e vinha, roçando o pau bem no meu clitóris, acabei gozando. Ao perceber que eu tinha “ido”, ele disse “assim não vale” e demos risada, falei que se ele queria também, que entrasse logo então hehehe. Sendo assim, após essas preliminares, fomos para os “finalmentes”. Ele pegou a camisinha, encapou e veio por cima no papai e mamãe (até então a mesma posição de sempre), entretanto nessa noite houve mais uma alteração, após um tempo metendo daquela meneira, me pediu que ficasse de quatro!! Assim o fiz e não trocamos mais, até que após um tempo de estocadas, gozou.

Quando terminou, se deitou, me aninhei nele e ficamos conversando. Foi muito divertido o papo e demos várias risadas, tudo começou quando falei do meu gato, depois o assunto foi para ratos, até que chegou nas baratas hahaha, ficamos trocando histórias com baratas e ri demais com ele contando, de uma vez quando ele ainda pegava ônibus, disse que a barata estava no ônibus, aquelas bem grandes que voam, e que foi um “Deus nos acuda” hahahaha comecei a rir imaginando a situação, ele dava detalhes, contando que ninguém a matava (nem mesmo os homens) e que todos ficaram em pânico sem terem para onde correr! Hahahaha. Nunca imaginei que fosse possível uma baratona no ônibus, foi mesmo muito engraçado! Rsrs.

Depois falei que precisava tomar banho, ele começou a me abraçar mais ainda não querendo que eu fosse rs, mas acabou cedendo e me indiciou a toalha que já havia deixado separado, eu estava um pouco avoada e mesmo ele indicando a direção, parei ao lado da toalha e não a vi, daí ele fez a última piadianha “se fosse uma barata, já tinha te pegado” rsrs.

Mesmo eu me banhando primeiro, quando ele terminou eu ainda estava me vestindo (demorei passando creme no corpo e tal) daí enquanto eu me arrumava, ele fez algo que eu sempre pedia, desde quando fui em seu apartamento pela primeira vez e vi um violão ao lado do sofá, ele começou a tocar “More Than Words” do Extreme, e enquanto eu estava no banheiro retocando a maquiagem, ouvi ele cantarolar (até então ele não estava cantando), apareci na sala para ver, e ele imediatamente ficou quieto, me olhou e disse “agora fiquei tímido de novo” hahaha, uma graça! Me levou até o metrô de volta.

Publicado em Clientes Que Gostei!

Repeteco com o Carinhoso!

Nos encontramos no metrô e fomos em seu carro para seu apartamento. Chegando lá pedi licença para escovar os dentes antes de começarmos, pois comi um lanche no caminho. Na verdade detesto fazer isso quando vou encontrar com alguém, mas nesse dia foi preciso, estive super atarefada no trabalho que nem tive tempo de comer, então me alimentei no trajeto. Ele não se importou e disse gentilmente: “fica a vontade, você sabe o caminho, né?”.

Quando entramos no apartamento, a televisão estava ligada no canal Sport TV e percebi com espanto que ele nem trancou a porta enquanto foi me buscar. Comentei com ele na hora, em como ele confiava e tal, mas como foi uma saída rápida segundo ele não haveria problema. Quando terminei, dessa vez não começamos na sala, como estava bem frio, ele já estava me esperando no quarto com o aquecedor ligado.

Nesse dia, pela primeira vez saindo com ele, fui vestida com roupa comum, devido ao frio. Fico com receio de não caprichar tanto nos encontros, entretanto surtiu efeito muito positivo sobre ele, e quando nos deitamos na cama, comigo ainda vestida, disse que eu poderia ir sempre de roupa comum dali em diante, pois ele gostava, achava muito mais natural. Achei aquilo legal, inclusive ele não é o primeiro cliente que me pede isso. Mas em contramão acho uma grande ironia da vida esse contraste de gostos, pois meu namorado por exemplo, tem uma preferência totalmente oposta! Para ele, eu deveria andar sempre sensual, estilo periguete mesmo (até entramos em conflito de vez em quando, pois dependendo da roupa não me sinto a vontade para usar) e por ele ter esse tipo de preferência, na minha concepção, eu costumava pensar: se meu namorado, que é uma pessoa íntima e “mais fácil” de agradar quer que eu sempre saia com aparência sensual, imaginem os clientes?! Mas na prática não é bem assim, os clientes são mais básicos do que eu imaginava! Rsrs. O que é uma coisa incrível, pois nem sempre estou disposta para andar de salto alto o tempo todo, e no meu caso que vou para a faculdade depois, é estranho eu chegar deslumbrante na aula toda noite sem motivo, vão achar que estou querendo dar em cima de alguém ou até mesmo de algum professor! Hahaha.

Mas enfim, retomando. Dito isso começamos a nos beijar. Achei que ele estava mais carinhoso dessa vez, tanto que quando foi me chupar (depois de eu ter chupado ele), beijou toda a minha perna, até que chegasse na minha xaninha, uma delícia! O desenrolar da transa não foi diferente dos encontros anteriores, para mim é gostoso, mas fico pensando se em algum momento ele não vai enjoar, porquê a sequência é sempre a mesma, nos beijamos, eu o chupo, depois ele me chupa, brincamos um pouco com o pau na xana, encapamos e ele vem por cima no papai e mamãe, sempre nessa ordem! Rs. A diferença é que dessa vez ele gozou mais rápido rs. Depois que gozou conversamos um pouco comigo deitada em seus braços, depois ele foi se banhar, fui em seguida. Me deixou na mesma estação que havia me buscado.

Publicado em Clientes Que Gostei!

Repeteco com o Carinhoso!

Nesse nosso terceiro encontro, após ele tanto me pedir aceitei atendê-lo em domicílio. Me buscou na estação de metrô  próximo da sua residência e me levou para o seu apê.

Assim que entrei, me senti muito tímida! Até ele percebeu e comentou na hora. Foi diferente para mim, não parecia um cliente, o ambiente era muito pessoal, a sensação foi muito diferente do que quando é em um hotel.

Fomos até a sala e em cima daquele tapete felpudo começamos a nos beijar, nos beijamos bastante de pé, até que fomos nos despindo aos poucos e me agachei para chupá-lo. Depois de pouco tempo o chupando me levantei para beijá-lo mais e nesse momento ele com total delicadeza foi me sentando no sofá, me deixou de pernas abertas, tirou minha calcinha e começou a me chupar ajoelhado no chão. Hummm que delícia!! Tinha me esquecido de como ele chupava tão bem!! Não tinha esse título atoa, era carinhoso demaaais! Ele me chupou por bastante tempo, estava muito gostoso e quase gozei! Ao mesmo tempo em que estava quase gozando, estava me dando cada vez mais vontade de transar também, então determinado momento pedi que por favor me comesse logo. Ele assentiu e nessa hora fomos para o quarto.

Nos deitamos na cama e antes de transarmos ficamos brincando e namorando um pouco, depois ele encapou e veio por cima, ahh que delícia! Estava tudo gostoso, ele tinha algum tipo de radinho no criado mudo tocando baixinho uma playlist de músicas antigas, o quarto estava com uma boa temperatura (pois tinha aquecedor) e a cama era de mola, quando chegou o momento de eu cavalgar a cama de mola ajudou muito hahaha. Ficamos um bom tempo com ele metendo por cima, depois de bastante tempo metendo ele tirou a camisinha para que eu pudesse o chupar mais e depois eu cavalguei. Cavalguei por pouco tempo, depois ficamos com ele por cima de novo, mais estocadas e finalizamos de ladinho.

Foi tudo muito gostoso, só naquele momento entendi porquê ele insistia tanto que eu o atendesse lá, era muito mais confortável.

Depois que ele gozou ficamos pouco tempo conversando, afinal o tempo já estava no fim. Ele me deu uma toalha limpa e me explicou que o chuveiro demorava para esquentar (a gás). Depois que tomei banho, ele também tomou e em seguida fomos embora.

Foi uma experiência boa e diferente, não é algo que posso fazer com qualquer um, ele me inspirava bastante confiança e já tínhamos saído duas vezes, gostei muito! 😛