Cliente 251 – “O Acanhado”

Quarto 155. Muito tímido e extremamente calado. Porém mais jovem e mais bonito que na foto do WhatsApp. Me desculpei pelo atraso (10 minutos), já me sentando ao seu lado na cama. Nos beijamos e notei que não usava muito a língua, será que gostava de beijos mais “soft“? Rs. Continuamos nos beijando, com sutis passadas de mão, até que pedi que se deitasse e me deitei por cima dele, ainda vestida.

Após mais uma sessão de amassos, tirei minha roupa e ele também tirou a toalha que estava enrolada em sua cintura. Olhei seu menino que estava meia bomba e já me preparei para chupá-lo. Infelizmente quanto mais eu chupava mais amolecia, e certo momento acabei desistindo e voltei a beijá-lo.

Daí ele tirou meu sutiã e chupou os meus seios. Depois pediu que eu me deitasse e também chupou a minha menina (chupava gostoso). Depois voltou a me beijar e então pediu pela camisinha. Estranhei que já quisesse transar, sendo que seu pau não estava exatamente duro, mas quem sou eu para contestar? Rs. Obedeci e fui buscar as coisas (preservativo e gel).

Como eu já imaginava, ele tentou encapar, mas não conseguiu. Daí voltamos aos beijos até que após alguns minutos, tentamos de novo. Dessa vez conseguimos colocar a camisinha, mas ainda estava mole para o que viria depois. Voltamos aos beijos e nada. Depois ele quis me chupar outra vez e propus fazermos 69. Ele aceitou e acrescentou que nunca tinha feito 69 na vida! Oi?! Como assim? Ele disse que tinha 37 anos, como isso era possível?! 😱😳

Pelo jeito ele gostou da coisa, pois seu pau ficou bem duro nessa hora, e após certo tempo, pediu que eu parasse pois estava quase gozando. 😁 Eu também estava quase lá com o oral dele, mas topei interromper. Rapidamente colocamos uma nova camisinha e tentei ir por cima.

O pau dele já estava meia bomba de novo (que rápido!), mas consegui com que entrasse, porém como estava bem mole, não senti absolutamente nada dentro de mim. Durante os primeiros minutos, até fiquei na dúvida que estivesse mesmo dentro, e fui me masturbando conforme me movimentava cautelosamente para cima e para baixo.

Acabei gozando após um tempo, e daí me empenhei ainda mais para que ele gozasse também. Depois invertemos as posições e ele que veio por cima. Confesso que não sei como ele via graça em continuar com a transa, pois se eu não estava sentindo nada, então imagino que ele também não. E não me refiro a dote pequeno, é que estava muito mole mesmo. 😬

Fiquei segurando a camisinha ao mesmo tempo em que tentava masturbar parte do seu pau que já estava pra fora, mas nem assim o dito cujo animou. Até comentei com ele na hora, que como estava muito mole, era curioso que ainda não tivesse saído rs. Continuou mais um pouco, até que avisei que já não estava mais dentro (saiu sem que ele nem percebesse).

Daí ele teve o bom senso de olhar o meu relógio de pulso, e mesmo compensando o meu atraso, já tínhamos passado 5 minutos do tempo. Então comecei a me arrumar para ir embora. Fiquei chateada por ele não ter gozado, mas ele disse para eu ficar tranquila que a culpa não tinha sido minha. E como eu estava com uma certa pressa, apenas me limpei com meu lenço umedecido e deixei para tomar banho em casa. Falei para ele da refeição que era inclusa e parti. O encontro foi de apenas 1h.

Eu poderia jurar que ele não curtiu, mas naquele mesmo dia, já de noite, recebi a seguinte mensagem:

WhatsApp Sara Müller e Acanhado

Achei curioso ele ficar empolgado pelo relato, sendo que o encontro nem desenrolou como deveria rs. Mas que bom que gostou, torcendo para que seja verdade! 😃

3 comentários em “Cliente 251 – “O Acanhado”

  1. Haha quando Li 37 anos, achei que fosse eu 😉 mas ai depois vi que não pq eu fiquei LOUCO com vc 🙂 ( a nossa musica veio via shazam – Imagine dragons não foi ? ) 🙂

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.