Think about

Não saia comigo esperando que eu escreva sobre você depois

Saia para fugir do feijão com arroz

Saia porque realmente me quer

Por apreciar de verdade este tipo de mulher

 

Faz um tempo que ela não escreveu mais relatos

Isso não quer dizer que os encontros tenham sido um marasmo

Mas quem realmente gostou de estar comigo, não vai se importar

Se sobre o nosso encontro eu não relatar

 

Não estou aqui para avaliar a performance sexual de ninguém

Se é isso que você espera, então, nem vem

Estou aqui pelo nosso prazer

E não para sobre você depois escrever

 

Chega a ser chato quando me perguntam isso

O encontro acaba e ele só quer saber qual será o seu apelido

Como se um post sobre si estivesse incluso no pacote

Mas que pena, hoje não será o seu dia de sorte

 

Ela cansou de escrever sempre sobre o mesmo

Quer poder divagar também sobre seus pensamentos

Mas, sem deixar o erotismo de lado

Sendo ela mesma, não um produto comprado

 

Houveram vezes em que me pediam justamente o contrário

Para que aquele momento fosse preservado

Eu não gostava quando me pediam isso

Hoje é o tipo de coisa que até aprecio

 

Sei que desde o começo esse sempre foi o meu diferencial

Mas, sair comigo por isso, não pode ser o motivo principal

Saia por querer curtir junto aquele momento

Sem se preocupar com o que depois os outros estarão lendo 

 

Se eu não escreverei mais sobre os encontros não saberei dizer

Continue me acompanhando que você vai saber

Mudar a minha forma de escrever não foi o suficiente

Sinto que posso ser ainda mais diferente

 

Amo escrever e essa sempre será a minha paixão

No entanto, quero ser guiada pelo meu coração

Saia comigo pelo prazer que eu possa te proporcionar

E não pelo texto sobre si que eu deveria relatar

 

9 comentários em “Think about

  1. Ela se acha letrada
    Mas longe de ser estudada
    Errar na conjugação do Verbo Haver é erro crasso
    Talvez me ache um palhaço
    Impessoal é o verbo haver no sentido de existir
    Única coisa que me fez é rir

    1. Sempre me confundo nessa conjugação mesmo
      Mas pouco importa, ninguém é perfeito
      Não estou fazendo redação de prova
      Apenas um desabafo em forma de prosa
      É uma pena que tenha dispensado seu tempo apenas para me criticar
      Mas nem isso me fará te odiar
      Tenho muito amor no meu coração
      E lhe agradeço pela singela correção

  2. É uma pena!
    Estava mais legal a forma antiga do blog. Com os relatos quase que diários. Era interessante poder acompanhar sua rotina.

    Boa sorte nos novos caminhos!! Quem sabe muda de ideia!

    1. Confesso que não foi uma decisão fácil. Mas, a minha vida está passando por muitas mudanças (boas, graças a Deus) fazendo com que eu decida no que realmente quero focar no momento. Ou eu continuaria focando no blog, que demanda tempo, concentração e inspiração ou focaria no que realmente quero para o meu futuro, quando não serei mais acompanhante. Não sei quando isso irá acontecer, mas sabemos que esse dia chegará. Então tenho que estar preparada para isso, pois a minha vida civil deve ser prioridade sempre. E está sendo uma delícia atender, sem me preocupar em registrar cada instante para escrever depois. Atendo mais relaxada, sem essa auto cobrança posterior. No entanto, isso não quer dizer que não postarei alguns encontros. Tudo vai depender do quão inspirada eu estiver e do quão surpreendente e diferente o encontro for. 😏❤️

      1. Tá justificado! Rs
        De qqr forma espero que vc tenha muito sucesso sempre!! Vc é uma pessoa muito iluminada !!
        Em breve marcarei repeteco para matar saudades! Bjs

  3. Em forma de conto ou rima a menina mulher diz, com alegria ou tristeza o que quer, expõe seus pensamentos e coração. Sua criatividade não se resume apenas a contos de encontros, e sobre nosso próximo encontro ela não escrever, qual é o problema? O que interessa é o prazer de estar ao lado dela.

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.