Like a Movie

Sara Müller

Querido diário…

 
Como eu gostaria de ser sortuda como a Julia Roberts em “Uma Linda Mulher”. Encontrar um homem rico, bonito e solteiro, que se apaixonasse perdidamente por mim (e eu por ele), que fizesse de tudo para ficar comigo, independente dessa minha trajetória nada convencional…
 
Ahh como eu gostaria de vivenciar algo emocionante e verdadeiro como a Allie em “Diário de Uma Paixão”, que mesmo após dar tantos foras em Noah, o rapaz persiste e continua apaixonado por anos, ousando ainda no futuro a fazer algo extraordinário como uma última tentativa de ficar com ela…
 
Ahh como eu gostaria de ter uma louca surpresa como a Jenna de “De Repente 30”. Acordar com trinta anos, editora chefe de uma revista de moda e que, apesar de não ser uma pessoa correta por se envolver com homens casados, possa voltar no tempo para reverter o seu futuro com aquele verdadeiro amor que no passado ele não deu bola…
 
Como eu gostaria de encontrar alguém livre de julgamentos como a Danielle de “Show de Vizinha”, que mesmo após seu par romântico descobrir que ela é atriz pornô, não deixou que a imagem pura e inocente que tinha dela se dissipasse ou fosse contaminada pela putaria que a acercava.
 
Como eu gostaria de ser sortuda como a Abby de “A Verdade Nua e Crua”, que mesmo sem o menor jeito na conquista, da maneira mais boba possível, conseguiu fisgar o personagem descarado do gatíssimo Gerard Butler.
 
Ahh como eu queria viver algo improvável e insano como a Cameron Diaz em “Jogo do Amor em Las Vegas”. Viajar para Vegas após levar um fora, casar com um estranho gato, viver um inferno durante o casamento e no final descobrir que fomos feitos um para o outro.
 
Mais do que isso, o que eu queria mesmo era de ter a sorte da Amanda Bynes em “S.O.S. do Amor”. Naufragar com o meu artista predileto numa ilha deserta, fazê-lo se apaixonar por mim e no final lhe dar um belo pé na bunda no maior estilo. 😅
 
Ahhh filmes… não seria incrível se a nossa vida pudesse ser um? O meu com certeza seria de muito romance, erotismo, comédia e insanidades… Porque eu sou assim… um tanto intensa buscando sempre a serenidade…
 
… E o filme da sua vida? Como seria?
 
 

3 comentários em “Like a Movie

  1. É minha querida, com certeza seria maravilhoso ter a vida como um filme. Eu já vivi algum tempo como filmes muito bons, como na época de colégio “vivendo a vida adoidado” matando aula só para me divertir e depois tendo que explicar o carro do pai destruído… ou um “doce novembro” e depois ficando com ela até o fim que chegou rápido. Mas o auge mesmo foi viver um “amor a toda prova” só que no meu final a Emily ficou com David mesmo e eu continuo tentando viver alguns dos filmes que mencionou. Mas da tua lista o mais difícil pra mim vai ser “Uma linda mulher” pq tá difícil chegar perto do Edward.

    Parabéns pelo post e pelas reflexões. Bjos

  2. Eu acho que sou meio Edward Scissorhands… feio, desengonçado, incompreendido…mas capaz de deixar a mocinha apaixonada e faze-la lembrar do único beijo, mesmo quando ela for bem velhinha…

  3. Bom, Sara, acho que o filme da minha vida no geral é “Apollo 13- Do desastre ao Triunfo”(conversamos bastante quando nos encontramos, né?) Mas mas um filme que adorei ter participado na minha “filmografia de vida” é “Sonho de uma noite de verão – A noite que realizei o sonho de sair contigo” 😘😘😘

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.