Publicado em Clientes Que Gostei!

Cliente 89 – “O Chico Bento”

Quarto 110. Abriu a porta timidamente, mostrando a cabeça com receio. Entrei, nos cumprimentamos, o abracei e nos sentamos na cama. Começamos a conversar primeiro, ele é um leitor do blog e tinha muita vontade de me conhecer. Disse que abriu exceções para me ver, e foi nesse momento, enquanto ele falava, que percebi o “R” nas suas frases. Assim que pude, o interrompi e perguntei de onde ele era, pois tinha reparado seu sotaque, me revelou ser do interior de São Paulo, apelidando a si mesmo de “Chico Bento” rs, gostei da denominação e acabei resolvendo lhe dar esse título mesmo. 🙂 Voltando as exceções, disse que nunca esperou mais de dois dias para encontrar uma GP, que se tinha vontade, marcava o quanto antes, no momento dele e não o inverso (agendamos há mais de uma semana) e também não costumava sair no horário que marcamos, já que sua disponibilidade era outra. Lhe agradeci pela importância que me deu, e nesse momento acabamos dando nosso primeiro beijo.

Depois ele se queixou que não tinha conseguido fazer a playlist do seu celular tocar no som do quarto, e falei para ele que aquele hotel era uma enganação, que nem o secador funcionava rs, sugerindo que colocasse para tocar no próprio áudio do celular mesmo, ele aceitou e a primeira música que tocou foi “Sugar” do Maroon 5! 🙂 Depois voltamos aos beijos, a minha água chegou (quando eu estava a caminho, ele perguntou se eu gostaria de beber algo, e pedi por uma água), bebi um pouco dela, e mais uma vez retomamos o beijo. Tudo no encontro se desenrolou bem devagar e sem pressa, tínhamos bastante tempo e ele era bem sossegado. Nos deitamos enquanto nos beijávamos, depois aos poucos ele foi me despindo (ele já estava semi nu, só de cueca) e me beijou IN-TEI-RA! Fiquei impressionada com a sua calma e paciência em beijar todo meu corpo. Começou pelo pescoço, depois desceu para meus seios, os chupou bem delicadamente, depois foi para a barriga, se demorou bastante tempo nela, depois foi para minhas coxas, até chegar na xaninha. Antes de começar a me chupar “lá”, ele fez algo que particularmente me deixa louca, que é fazer menção de chupá-la mas não ir nela de imediato, por exemplo, beijou a lateral da minha coxa bem ao lado da xana, apenas me atiçando. Ele fez isso por um tempo, até que de fato me chupou, foi mesmo delicioso! 😛

Não gozei com a sua chupada, mas acreditem, ele chegou bem perto de me fazer gozar! Comecei a ficar mesmo sem graça com tanta atenção, que até exclamei para ele, que estava ficando sem graça de fazer nada, ele disse que não se importava com aquilo, pois também queria me dar prazer, mesmo assim, depois de um tempo fiz com que ele se deitasse, e fiquei por cima dele o beijando. Rocei seu pau na minha xana (ele ainda estava de cueca) e perguntei se podia chupá-lo, sei que esse tipo de coisa não tem que ficar perguntando e sim fazer logo, mas tive a impressão que ele ainda estava um pouco tímido, me respondeu que eu podia fazer o que eu quisesse, e assim sendo, desci para seu pau! 😛 O chupei caprichadamente, queria que ele achasse o melhor oral da vida dele, depois de todo aquele agrado que fez em mim. Depois perguntei se estava preparado para transarmos e conforme ele consentiu, peguei a camisinha. Nessa primeira transa, não trocamos de posição, fui por cima até que ambos cansássemos. Cavalguei por um tempo, e foi mesmo muito gostoso. Quando percebi que seu pau estava amolecendo (afinal ele também me ajudou na cavalgada e devia estar cansado) parei para checar a camisinha e após confirmar que seu pau estava amolecendo, demos uma pausa para descansar.

Me deitei ao seu lado e voltamos a conversar. Conversamos bastante sobre seu dia-a-dia, até que de repente ele me virou de costas, achei que fosse fazer só uma massagem, mas foi mais além disso. Das costas desceu para minha bunda, depois pernas, pés, parecia que eu estava no céu! Rs. Depois fez algo que eu não esperava mesmo!! Voltou para minha bunda e começou a abri-lá, olhando meu… vocês sabem rs, daí… fico até sem graça de dizer aqui, mas ele chupou meu buraquinho de trás!! 😮 Ficou fazendo isso por bastante tempo, até enfiava a língua lá nele, talvez imaginando um sexo anal? Até que estava bem gostoso! Depois, enquanto ele fazia isso, começou a me dedar na xana, aquilo me deixou com mais tesão ainda! Comecei a me masturbar no clitóris e não demorei muito para gozar, estava mesmo muito gostoso tudo que ele estava fazendo! Depois que gozei ele parou de me dedar, mas continuou me chupando lá atrás, depois de um tempo foi parando lentamente. Voltamos a nos beijar, e ele dizia coisas bonitas sobre nosso beijo, como por exemplo, que meus beijos eram macios, fiquei curiosa com o elogio e perguntei o que eram beijos macios para ele, me respondeu que parecia que meus lábios se derretiam nos dele, igual sorvete rsrs, achei engraçadinha a comparação, disse ainda que no meu caso seria sorvete de baunilha, por eu ser bem branquinha rs. Beijo vai, beijo vem, fomos para o segundo round. Dessa vez ele me quis de quatro! 😛

Fiquei de quatro toda empinadinha para ele, ele bombeou por bastante tempo, mas quando estava quase gozando, acabamos parando com a penetração, porque a camisinha estava saindo do seu pau, dessa forma fiquei deitada abaixo dele, enquanto ele batia uma acima de mim. Vendo aquela cena me deu bastante tesão e comecei a me masturbar também. Quando senti sua porra quente no meu corpo (seio e barriga) me deu uma puta vontade de gozar, então o mantive ainda em cima de mim, até que acabei gozando de novo. Que de-lí-cia! Depois ele pegou o papel, me limpou e fui tomar banho. Enquanto eu me banhava, ele ficou comigo no banheiro, conversando sobre minhas postagens no blog, e fiquei impressionada em como ele se lembrava de cada detalhe, de cada encontro que postei! Parecia aqueles fãs que sabem tudo do seu ídolo! Fez várias citações de coisas que já falei em outros encontros e juro para vocês, foi sensacional, como se eu fosse uma cantora e ele estivesse cantando a minha música! Rsrs. Depois ele se banhou também, e enquanto eu me vestia perguntou se eu não gostaria de comer, eu até gosto da comida daquele hotel (tanto que sempre peço a mesma refeição), mas dessa vez acabei recusando, nosso encontro tinha sido longo e eu não queria chegar tarde em casa. Fui embora e ele permaneceu no quarto. Adorei! 🙂