Cliente 74 – “O Alemão”

Esse cliente não reside no Brasil, veio a trabalho e queria muito me conhecer no dia que estivesse aqui. Foi muito atencioso nos e-mails e revelou que chegou até mim procurando por acompanhantes que falassem inglês. Expliquei a ele que meu inglês não era fluente para que não esperasse grandes feitos rs, ele disse que não tinha problema e que teria paciência comigo assim como eu teria que ter com o português dele. Todos os dias trocávamos e-mails, ele se mostrava bastante respeitador e simpático, fiquei bastante empolgada para conhecê-lo também. 🙂

Ele se hospedou em um hotel próximo a Av. Paulista e me pediu que o atendesse lá. Combinamos de nos encontrarmos no metrô, mas ele não entendia o que significava “catraca” rs e acabei indo o encontrar direto na rua.

Logo que saí da estação dei de cara com ele na calçada, era do jeitinho que me mostrou na foto enviada por e-mail, alto (mais que eu), 49 anos e com uma voz particularmente sexy e grossa, voz de homem. Nos cumprimentamos e já fomos nos encaminhando para o local. Conversamos um pouco durante o trajeto.

O hotel era mesmo muito bonito, me senti aquelas acompanhantes de luxo entrando num lugar tão top rs. No elevador ele disse que eu era mais bonita do que ele esperava e ficou me encarando com uma cara de admiração, fiquei sem jeito e ele percebendo, disse: “don’t be shy” rs.

Entramos no quarto, coloquei minhas coisas num balcão e me sentei na cama, ele se sentou ao meu lado e conversamos brevemente, ao que seu rosto ficou próximo do meu senti um forte cheiro de cigarro e perguntei se ele fumava, ele confirmou e percebendo que não me agradou muito disse que iria escovar os dentes de novo, demos apenas alguns selinhos nesse momento.

O quarto era gigante, tinha uma cama enorme, uma TV de LED que girava, um sofá e uma mesinha que nela continha uma garrafa de vinho, duas taças, uma caixa de Raffaello enorme que eu nunca tinha visto tão grande <3 e meu cachê encaixado numa parte da caixa do Raffaello.

Nosso encontro tinha tudo para ser especial, ele pediu pelo máximo de tempo que eu pudesse atender (sendo 3 horas), disse que gostaria de desfrutar da minha companhia sem pressa e que até jantaríamos no quarto.

Quando ele voltou do banheiro eu já tinha servido vinho nas taças para nós e me sentei no sofá a sua espera. Ele veio, se sentou ao meu lado, brindamos e achei delicioso aquele vinho tinto (Marsala)! Tinha um gosto diferente, de mel! Comentei com ele, mas ele não entendeu o que significava “mel” e eu também não me lembrei de como era a palavra em inglês para dizer rs.

Depois disso pousamos nossas taças na mesinha e começamos a nos beijar bem devagar. Conforme os beijos foram ficando mais intensos, fui passando minha perna por cima da dele e ele muito recíproco foi passando a mão boba cada vez mais assanhada pelo meu corpo, estava uma delícia! Depois sentei em seu colo de frente para ele, aproveitando para sentir seu pau enquanto o beijava. Ele começou a passar a mão nos meus seios por cima do vestido me deixando cada vez mais louca de tesão! Tirei meu sutiã sem tirar o vestido (era tomara que caia e abria pela frente) deixando o caminho livre para suas habilidosas mãos! 😛 Fui desabotoando sua camisa durante os beijos e depois que ele tirou meu vestido, me levantei para tirarmos sua calça. Depois disso alguém bateu na porta e ele foi ver, acho que era o serviço de quarto pois ele sem abrir a porta gritou: “não”, daí já o encaminhei para a cama.

Me deitei por cima dele, nos beijamos e fui me preparando para chupar seu pau (ele ainda estava com a parte de baixo). Fui descendo para o dito cujo e abaixei sua cueca até tirá-la por completo. Quando a joguei na cama e me voltei para seu pau, vi umas bolinhas estranhas nas suas bolas, algumas eram brancas e outras da cor da pele (rosadas), também eram grandes e passando a mão dava para senti-las.

Fiquei com receio de comentar sobre elas logo de cara e voltei a beijá-lo. Depois desci para seu pau de novo e as olhei bem, tentando identificar o que seriam, até que não teve jeito e mesmo sabendo que entraria numa zona de risco, perguntei pra ele o que eram, com jeitinho, sabe?

Ele disse que ficou daquele jeito na hora de depilar, então entendi que deveria ser alergia da lâmina, ok. Peguei seu pau babado, limpei a baba com a mão e quando coloquei a boca na cabeça do pau, percebi que tinham mais daquelas bolinhas no corpo do pau também! Na parte oposta a mim, que ficava virado para sua barriga.

Na hora pensei: “mas o pau não tem pêlo” e tinha uma que parecia até uma verruguinha beeem pequenininha! Por uns dois segundos chupei só a ponta da cabeça, mas não tive coragem de enfiá-lo inteiro na minha boca vendo aquelas bolinhas mais abaixo. Parei de chupá-lo, falei que também tinham no pau e perguntei novamente o que era, pois aquilo era estranho.

Tudo isso era falado em inglês e a resposta dele em inglês soou menos grosseira, mas entendi muito bem o que ele estava dizendo, que era: “Se você não gosta, pode ir embora!”. Fiquei surpresa com a mudança no humor dele e falei: “What?!”, e ele repetiu sem remorso. Falei que poderíamos continuar com preservativo, (até porquê na hora da transa teríamos que colocar a camisinha de qualquer jeito), mas ele disse que já tinha perdido a vontade e foi se levantando. Aff que situação constrangedora. Eu tentei remediar a situação, não queria que terminasse daquele jeito, mas afinal qual o problema de usar camisinha?!

Tivemos um pequeno atrito na sequência, pois no calor do momento ele não entendia o que eu dizia e vice versa. Ele falava umas palavras que eram desconhecidas para mim. Um pouco irritado pegou seu tablet e começou a ticar no teclado da tela o que queria me dizer, para que fosse traduzido. Disse que nunca tinha passado por aquilo e que eu poderia ir embora. Formulei a resposta dizendo que também nunca tinha passado por aquilo, pedi que ele entendesse o meu lado também. Ele respondeu que entendia e já que eu estava preocupada podia ir.

A última mensagem que coloquei foi que eu aceitava continuar com camisinha sem problema nenhum e perguntei se ele queria que eu fosse embora mesmo assim? Ele respondeu que a situação tinha acabado com o seu humor e “yes” que eu podia ir sim. Nem esperei que o tablet traduzisse, só lendo escrito em inglês já entendi, falei ok, levantei do sofá e comecei a me vestir (nem tinha tirado a calcinha ainda).

Fiquei me sentindo muito mal por aquilo, muito mal mesmo, sou bastante emocional e meus olhos encheram de lágrimas, ele tinha fechado três horas, disse que iríamos jantar juntos, comprou vinho para nós, uma caixa enorme de Raffaello para mim e sem contar os e-mails que ele me enviava durante os dias até que chegasse a data do encontro. Tinha tudo para ser incrível, sabe? Por mais que fosse um cliente, eu sabia que aquilo era importante e especial para ele.

Enquanto eu prendia minha sandália, ele escreveu no tablet e segurou na minha frente para que eu lesse, dizendo que iria me acertar apenas uma hora e não três. Concordei apenas com um aceno de cabeça, (na verdade achei que ele nem fosse me pagar nada). Fui até o banheiro, passei enxaguante bucal, me penteei e passei meu batom. Eu poderia não estar na pele dele, mas fiquei muito sentida por a noite ter ido por água abaixo.

Coloquei minha bolsa no ombro e fiquei parada olhando para ele sentado no sofá mexendo em seu celular, até que me notasse e viesse abrir a porta para mim. Depois de alguns segundos ele levantou os olhos e me viu o esperando. Veio me entregar o dinheiro junto com a caixa do Raffaello (que ele disse ter lido no meu blog que eu gostava) mas recusei o presente, falei que não precisava, não achei justo ficar com o agrado quando na verdade ele não estava mais agradado comigo. Ele sequer insistiu para que eu ficasse com o doce mesmo assim e nos encaminhamos para a porta. Pedi desculpa pelo ocorrido e saí.

Aquelas bolinhas poderiam até não serem nada, mas quem me garante?! Se minha vagina tivesse umas bolinhas estranhas, ele também não iria gostar e ficaria desconfiado..

4 comentários em “Cliente 74 – “O Alemão”

  1. Sara VC é uma excelente, profissional .VC esta certíssima,s toma todos os cuidados.DST ta cheio por ai.náo pode vacilar depois agente arrepende do vacilo ai já é tarde…..

  2. Olá, Sara. Você está 100% certa de se proteger destas DST’s. Assim, você passa mais segurança para os outros clientes. Gostei.
    No entanto, será que estas bolinhas, neste caso específicos, não sejam os famosos Grânulos de Fordyce? Super comum nos homens, principalmente nos mais jovens?
    Segue link sobre estes Grânulos: https://www.tuasaude.com/granulos-de-fordyce/
    Enfim, adoro seu blog e leio sempre que consigo. Belo trabalho!

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.