Repeteco com o Carinhoso!

Assim como no nosso último encontro, o atendi em seu apartamento, ele me buscou na estação de metrô de carro e fomos.

Dessa vez me senti um pouco menos tímida que da outra vez. Assim que coloquei minha bolsa num balcão, logo começamos a nos beijar bem perto da porta. Ficamos um bom tempo nos beijando assim de pé, com ele passando suas mãos suavemente no meu corpo por baixo da blusa… estava bem gostosinho. 😛 Depois ele foi tirando seu tênis e eu aproveitei para tirar meu sapato também. Nos encaminhamos para a sala e continuamos os beijos e amassos lá. Pedi que se sentasse no sofá e me sentei por cima dele em seu colo ainda o beijando. Ficamos mais um tempo assim até que eu tirei sua camisa (ele aproveitou e também tirou a minha) e depois sua calça e cueca. O chupei por bastante tempo e era muito gostoso ouvir seus gemidos! Depois que o chupei ele me chupou também e depois de mais preliminares ele  pegou na minha mão e me levou para o quarto.

Reparei que edredom nesse dia era diferente e o quarto estava mais escuro. Ele abriu um pouco as cortinas para iluminar mais e novamente seu rádio do criado mudo estava tocando músicas incríveis, dessa vez de rock.

Nos beijamos muito e ele ficou brincando bastante com o pau na minha xana, nossa que tesão!! Quando percebemos que a brincadeira estava ficando perigosa, ele pegou a camisinha na gaveta do criado mudo e encapou. O tempo todo transamos na posição papai e mamãe. Determinado momento gozei me masturbando e ele engrenou nas estocadas depois disso, achei que fosse gozar também mas se cansou. Perguntei se gostaria de trocar de posição, que eu cavalgasse um pouco, mas ele disse que estava muito gostoso como estávamos, com ele deitado por cima de mim.

Como seu pau acabou amolecendo da canseira, passamos a ficar só de namorico com muitos beijos e carícias. Estava muito gostoso, ele até fez umas massagens amadoras no meu pescoço rsrs. Ficamos um bom tempo assim, até que eu percebi que já tinha passado algum tempo e falei manhosa que ele estava me enrolando com aqueles carinhos para eu não ir embora, ao que ele se fazia de sonso, dizendo: “eu?” bem malandrinho rs.

Eu tinha bebido bastante água durante o dia e falei que precisava ir ao banheiro e já emendei: “vou no banheiro e quero só ver que horas são! Rs.” Lá dentro olhei meu relógio de pulso e já era a hora exata, voltei para o quarto e novamente falei manhosa para que pegasse uma toalha para mim pois eu precisava ir. Ele não pegou de imediato e ficou me fazendo carinho tentando me convencer a ficar mais um pouco… mas não funcionou rs. Depois que me banhei, ele se banhou também e novamente me deixou na estação. 😛

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.