Cliente 137 – “O Solene”

Pela primeira vez em muito tempo, fiquei sem graça com um cliente novo rs. Talvez por ele também estar bastante sem graça com a situação, e acabou me contagiando rs. Após eu entrar e acomodar minhas coisas, ficamos parados sem saber o que fazer. Na verdade eu sabia o que fazer, mas como ele estava muito sério, não sabia se tinha permissão para fazê-lo tão já rs. Timidamente nos aproximamos e nos beijamos. Daí ficamos algum tempo nos beijando de pé, até que então fomos para a cama. Continuamos com os amassos, aos poucos fomos nos despindo, e ele me chupou. Hummm. Depois foi a minha vez, e chupei até que pedisse pela camisinha.

Começamos a transar comigo por cima e durante a cavalgada comecei a me masturbar. Gozei gostoso em pouco tempo. 😋 Após mais um tempo cavalgando, daí ele que veio por cima e bombeou bastante até gozar também. Depois fizemos uma pausa, conversamos, e nos banharmos. Pedimos comida e enquanto ela não chegava, voltamos a deitar e continuamos conversando. A princípio havíamos fechado uma hora e meia, mas assim que terminamos de comer e comecei a me vestir, ele perguntou senão poderíamos estender mais meia hora (hummmm). Felizmente eu estava com tempo livre e aceitei. Voltamos então para a cama, rumo ao segundo round! 😈

O chupei por um tempo, até ficar totalmente no ponto, daí encapamos e começamos dessa vez com ele por cima. Estocou bastante, depois me pediu que ficasse de quatro, o obedeci e transamos nessa posição até ambos gozarem. Ele gozou primeiro, mas não retirou até eu gozar também. Delicioso! Depois tomamos um novo banho, e enquanto eu me vestia, ele perguntou se no próximo encontro, eu o ajudaria a ganhar uma aposta. Perguntei do que se tratava e na verdade era uma coisa bem boba rs.

Ele tinha um abridor de garrafa em formato de cartão magnético, e nele havia várias aberturas pequenas na lateral, umas mais estreitas que as outras. Daí ele e seus amigos brincaram que aquilo era um medidor de biquetas de peito, e apostaram que o que conseguisse tirar uma foto com um bico de peito ali, ganharia cervejas do outro. 😂 Quando ele me contou a história, falei que se ele quisesse não precisaria esperar até o próximo encontro, poderíamos tirar a foto naquele momento mesmo, sem nenhum problema rs. Percebi que ele hesitou, achando que eu me ofenderia com aquilo, mas de maneira alguma, foi até divertido rs. Depois ele ainda ficou constrangido, pedindo desculpas toda hora rs.

De lá eu iria para a faculdade, e ele gentilmente me ofereceu uma carona, que aceitei. Contudo, durante o percurso fiquei um pouco desconfiada, pois seu celular estava indicando um trajeto totalmente diferente do que eu conhecia, e entrei no mapa do meu celular também. Para o meu espanto, ele percebeu e exclamou: “Olha, não acreditou em mim!”, daí eu que me senti constrangida rs, mas fui sincera: “Ahh eu não te conheço, e estamos fazendo um caminho diferente…” Qualquer uma ficaria preocupada, não é mesmo? Sem contar que como falei acima, ele tinha um jeito meio sério, o que me deixou ainda mais receosa rs. Mas correu tudo bem, ele foi super compreensível e gentil. Torcendo pelos repetecos! 😋

2 comentários em “Cliente 137 – “O Solene”

  1. Se ele tiver os olhos do gato da foto pode ser solene à vontade rs

    Essa do abridor foi impagável, ri bastante, para quem estava tímido no começo fazer essa proposta no final é realmente inesperado. 😀

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.