Cliente 349 – “O Valente”

O encontrei no motel Prestige, suíte 160. Nos beijamos e já caímos na cama com ele deitado por cima de mim. Durante os beijos e amassos que se seguiram, fomos despindo nossas roupas e logo ele já estava com a boca na minha menina. Me chupou por bastante tempo, saindo dela somente quando me fez gozar. 🤤

Depois foi a minha vez de paparicá-lo e me deliciei até que pedisse pela camisinha. Já encapado, começamos comigo por cima, cavalguei por alguns minutinhos e então trocamos para papai e mamãe. Mais um tempo assim e pediu que eu ficasse de quatro, posição essa em que ele mandou ver até gozar. 💦

Ficamos conversando por algum tempo durante a pausa e quando nos demos conta que ainda daria para brincarmos mais um pouquinho, ele foi se banhar para que eu pudesse chupá-lo de novo. Assim que voltou, retomamos os beijos e quando ficou no ponto, novamente caí de boca.

Após um tempo de oral, perguntei se ele ia querer gozar a segunda daquele jeito mesmo (comigo chupando, me avisando antes) ou se ia querer segundo round (perguntei, pois, não conheço a disposição do outro, tem homens que não aguentam depois da primeira gozada). Ele confirmou que dava conta de mais uma, então chupei mais um pouco e já peguei um novo preservativo.😼 

Nisso seu pau amoleceu e até brinquei com ele, que havia “desanimado” rs. Daí ele me puxou para mais beijos, fazendo com que o menino voltasse a vida e após ressuscitado, encapamos e veio por cima. Me masturbei durante as suas investidas e gozei pela segunda vez.  Já ele acabou se cansando do exercício e trocamos de posição, minha vez de cavalgar.

Duas vezes percebi que ele estava quase gozando e me empenhei na velocidade e intensidade, mas seu gozo nunca vinha e como eu já tinha gozado duas, estava um pouco difícil consegui manter o ritmo por mais tempo. Ele percebeu o meu cansaço e disse que tudo bem, que não tinha problema não gozar a segunda, que ficava mais satisfeito vendo o prazer da parceira do que o de si próprio. Homem fofo é outra coisa.

Levantei para beber água (eu ainda estava ofegante) e me preparei para o banho. Peguei meu pente na bolsa, fui para a frente do espelho pentear os cabelos e quando ia prendê-los num coque, ao levantar a cabeça, acabei avistando uma barata no teto!!! Aff que nojo!!!!!!! O avisei e ele a matou para mim. Meu herói! (Por isso “O Valente” rs.) Ele também tomou um novo banho, nos vestimos e ele partiu primeiro, enquanto meu Uber estava a caminho. Encontro de 1h.

5 dias depois, ainda teve a gentileza de me enviar outra mensagem com os cumprimentos do meu livro. 😍😍😍

Um comentário em “Cliente 349 – “O Valente”

Deixe um comentário

You have to agree to the comment policy.