Cara de Pau

Cliente 265 – “O Cara de Pau”

Bom, antes de tudo, deixa eu explicar o porquê deste apelido. Ele já havia agendado comigo numa outra oportunidade, e no dia do encontro acabei o bloqueando, pois parecia um cego em tiroteio. Perdido. Não havia se programado para o horário que agendamos (sequer lembrava qual era), e eu, que tinha reservado aquele tempo na minha agenda, fiquei a ver navios. Claro que o bloqueei sem pestanejar!

Dessa vez seu contato foi por outro número de telefone, e apesar de notar semelhança no nome e foto, nem imaginei que fosse a mesma pessoa (me contou só depois obviamente, durante o encontro). Não esperava que tivesse essa cara de pau.

Quarto 233. Deixou a porta destrancada e quando entrei, o flagrei enchendo a banheira. Rapidamente abriu aquele sorrisão para mim, dispensando muitos elogios ao mesmo tempo. Conversamos bastante a princípio, até que nos beijamos. Ele era bastante agitado e ativo, não parava quieto ao meu lado.

Daí pedi licença para me banhar (realmente o calor daqueles dias estava demais), e ele também se banhou logo depois de mim. O vinho que ele havia levado para nós, já estava gelando no balde. Após ambos estarem de banho tomado, nos abraçamos e nos beijamos de novo, intercalando com conversas aleatórias. Depois fomos para a cama, enquanto a banheira terminava de encher, e lá trocamos mais beijos e carícias. Não engatamos a transa ainda e quando a hidro estava no ponto, pegamos nossas taças já servidas com o vinho e fomos para a água.

Após pouco tempo bebericando e conversando, voltamos a nos beijar. Conforme foi ficando mais intenso, pulamos para a cama. Ao me deitar, ele beijou o meu corpo e me chupou. 👅 Foi difícil conseguir chupá-lo também, pois ele não queria desgrudar rsrs. Até que em pouco tempo de oral, pediu para encapar. Daí veio por cima, mesclando ppmm com frango assado. Uma delícia! Me masturbei ao mesmo tempo em que ele estocava e gozei gostoso. 🤤

Depois fiquei de quatro e ele continuou estocando até cansar. Tentei retomar indo por cima, mas seu pau já estava mais para lá do que para cá. Tentei ressuscitar no oral, mas morreu de vez. 😪 Então o jeito foi fazermos uma pausa. Voltamos a conversar e a bebericar o vinho. 🍷 Nessa prosa ele me contou coisas muito pessoais da sua vida e acho que seus olhos até ficaram marejados enquanto me contava.

Quando vimos tínhamos passado do tempo (o combinado foi 1:30) e já me preparei para tomar banho. Contudo, ele me interceptou, voltando a me beijar. Como eu estava tranquila de horário e ele ainda não tinha gozado, não quis lhe deixar na mão, e o correspondi. Se deitou por cima de mim e com poucos beijos seu pau estava duro  de novo (nada que um descanso não resolva rs). Dei uma chupadinha antes para garantir, e então encapamos novamente.

Fui por cima e cavalguei até ele gozar, o que foi mesmo rápido em comparação com a primeira transa. Depois nos banhamos e ainda pedi a refeição para mim (ele não quis). Me pagou pelo tempo excedente (totalizando duas horas) e fomos juntos até o metrô. Me presenteou com uma barra gigante de chocolates Lindt! 🍫