Cliente 14 – “O Francês”

Quando esse cliente começou a me mandar mensagens, começou com um “Bonjour Jolie Demoiselle“. Até aí tudo bem. Mas depois, algumas de suas mensagens vinham sem nexo, com erros de concordância e comecei a ficar desconfiada se não era um pivete que não sabia escrever tirando onda com a minha cara! Rs. Até que finalmente acreditei que fosse francês quando disse usar o google tradutor! Hahaha. Demorei um pouco para conseguir atendê-lo, mas confesso que estava curiosa para sair com um estrangeiro! Ficamos na suíte 122. Bati duas vezes na porta e nada dele atender. Achei que tivesse visto o número do quarto errado e quando estava mexendo no celular para lhe mandar uma mensagem, de repente ele abriu! Completamente molhado e de toalha na cintura, muito sexy!! Me perguntou se eu estava esperando muito tempo, pediu desculpas pois estava no chuveiro, e disse tudo isso com aquele sotaque francês!!! Uma lindeza!! Começamos a nos beijar ali mesmo (após ele fechar a porta) e ele não parava de dizer que eu era muito “bela” e “nham nham nham” rs. Mesmo estando molhado nos colamos e nos beijamos por bastante tempo. Fiquei contente por ele ter gostado tanto assim de mim e ouvi-lo me elogiar em francês foi en-can-ta-dor! Assim que demos uma pequena pausa para eu tirar minha bolsa do ombro, vi um caixa de Raffaello na mesa ao lado de suas coisas, não resisti e perguntei se era para mim, ele disse que sim, e já me deixou mais encantada, como adivinhou?! Eu AMO Raffaello!! Pensei “hoje é meu dia de ganhar presentes!” 🙂  Ele me pegou no colo e começamos a nos beijar carinhosamente estilo namoradinha. Entre um beijo e outro me elogiava repetidamente, dizendo “bela” naquele sotaque delicioso! Me deitou na cama, começou a me despir e a me beijar nos seios. Antes de descer até minha xaninha foi até sua bolsa e pegou algo que não me deixou ver. Voltou e… adivinhem! Era chantilly!! Passou nos meus seios, pela extensão da minha barriga e na minha boceta! Ele me lambia e depois vinha me beijar com o chantilly na boca e foi uma delícia sentir aquele gosto doce em seu beijo! Ele me chupou bastante mas não gozei nesse momento. Depois foi a minha vez e fiquei um bom tempo lhe chupando com ele murmurando coisas em francês, que obviamente não entendi nada rs. Como algumas vezes ele não entendia o que eu dizia também, pois seu português era aquele “portunhol” sugeri falarmos em inglês, pois apesar de não ser fluente, sei falar algumas coisas, ele concordou e ficou mais interessante ainda! Enquanto o chupava ele dizia “You like my dick?” e eu na mente “yes, a lot!” rs. Depois de bastante tempo de sexo oral nele, ele disse com aquele sotaque sexy: “sexo? Sexo? Si sexo!” fui pegar a camisinha e a desenrolei no seu pau. Como na maioria das vezes, começamos comigo por cima. Cavalguei devagar, subindo e descendo olhando diretamente em seus olhos que me olhavam com tanta admiração que me alucinava! Após um tempo metendo assim, ele veio por cima. Deu várias estocadas e depois me pediu que ficasse de quatro. Sempre assisti vídeo pornô internacional com aquelas atrizes dizendo “ohh fuck” e dessa vez eu pude fazer igual! Hahaha. Gostei bastante, é aquele tipo de coisa que vi num filme e sempre quis fazer igual sem parecer uma ridícula! Haha. Quando fiquei com a bunda empinada para ele, pude ouvir suas exclamações! Não foi metendo logo de cara, se demorou olhando e alisando minha bunda, e quando eu menos esperava enfiou a cara lá embaixo e começou a me lamber no cu e na xana! Delicioso! Quando penetrou então, puta que pariu! Me deu um tesão muito grande ouvi-lo metendo ofegante dizendo coisas em francês! Tudo ficava muito mais sexy! Uma sensação única saber que está sendo fodida por um pinto de outro país! Hahaha. Ele não se demorou muito nessa posição, deu umas estocadas bem fortes e rápidas e acabou gozando. Totalmente arriado deitou na cama ainda com a camisinha no pau. Ficamos um tempo deitados conversando, até que o chamei para o banho pois o tempo estava acabando (tinha fechado 1:30). Mas ele não se deixou abater pelo tempo e me chupou no chuveiro. Não gozei novamente pois me sentia desconfortável sabendo que ele estava me chupando daquela forma com a água caindo na sua cara, de mau jeito. Quando ele levantou até tossiu com a água que devia ter entrado no seu nariz rs. Não se dando por vencido, quando saímos do chuveiro, ainda de toalha, ele me puxou para a cama e me sentou na cara dele, onde começou a me chupar novamente! Resolvi me concentrar pois percebi que não me deixaria ir embora se eu não gozasse também! Demorei para gozar. Estava me sentindo pressionada pelo tempo que já tinha passado, que estava ficando tarde, e porque podia ouvir sua respiração perdendo o fôlego rs. Mas enfim, consegui gozar. Vontade de cair naquela cama e ali ficar! Rs. Como estava ficando tarde ele me ofereceu uma carona e não tive como recusar, até fiquei agradecida. Pedi que me deixasse na estação de metrô em que pego meu ônibus e após aquela sessão de beijos de despedida dentro do carro, ao descer enquanto andava, percebi nas vezes que olhei para trás que ele permaneceu parado no mesmo lugar até que eu sumisse de vista. Um verdadeiro “gentleman”.

4 comentários em “Cliente 14 – “O Francês”

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.