Cliente 40 – “O Pitelzinho”

Nos encontramos na Liberdade próximo ao metrô e fomos em seu carro até o hotel próximo dali (que todos devem saber qual é rs). Ele havia sido cliente da Alice, e por ser mais um “conhecido” aceitei entrar em seu carro logo no primeiro encontro. Lindíssimo! Disse ter 26 anos, mas sua aparência era de muito mais novo! Lhe dava menos de vinte, sem exagero! Japonês, branquinho, magrinho e cheiroso, um verdadeiro pitelzinho! 😛 Apesar do hotel ser bem próximo, ele quis que chegássemos juntos, pois assim dava a impressão que já nos conhecíamos e não que eu fosse uma GP indo encontrá-lo. Me atrapalhei um pouco na recepção na hora de entregar o documento, pois minha carteira estava no fundo da bolsa, difícil de pegar, me senti até um pouco constrangida por que ele e o recepcionista pareciam impacientes com a minha demora rs. Enfim documentos entregues subimos para o quarto que era o 40. Entramos, tirei minha bolsa e ele foi ligar o som, me pediu para escolher uma estação, e como o som de lá não era digital que aparecia a numeração, consegui por acaso colocar na 89,1 (A Rádio Rock). Antes de sentarmos na cama e começarmos a nos beijar, ambos já fomos tirando os sapatos e começamos com os beijos ainda vestidos. Me sentei entre as pernas dele e nos beijamos. Ele beijava gostoso e conforme as coisas foram fluindo, ele foi tirando meu vestido e eu tirei sua camisa e calça. Mais beijos e ele tirou meu sutiã. me chupou brevemente nos seios, e após eu tirar sua cueca o chupei por bastante tempo, até que ele disse que queria me chupar também. Demos mais alguns amassos até que ele tirasse de fato a minha calcinha e me chupasse. Chupava bem gostosinho mas não consegui gozar nesse momento. Após pouco tempo me chupando, voltamos a nos beijar, o chupei mais uma vez, até que ele pediu pela camisinha pois já queria transar! (Hummmm) O empacotei e ele veio por cima, naquele frango assado meio papai e mamãe. Meteu gostoso por pouco tempo (mas também não tão rápido assim) até que gozou nessa mesma posição. Após a primeira transa foi tomar banho, também fui após ele e depois voltamos para a cana onde retomamos os beijos. O chupei novamente por um tempo, até que ele novamente pediu pela camisinha (ebaaaa), começamos comigo por cima, e após pouco tempo metendo, pediu para eu deitar de bruços, pois queria me comer naquela posição. O obedeci e dessa vez eu gozei me masturbando com ele entrando gostoso dentro de mim. Incrivelmente depois que gozei, ele parou de meter pois seu pau havia amolecido. Perguntei se havia acontecido algo ou se não estava bom, ao que ele respondeu que estava bom sim, que aquela posição inclusive era a sua preferida, mas que estava desacostumado a transar com camisinha (sei rs). Tomou outro banho e enquanto se banhava comecei a puxar assunto, sobre o fato dele não estar acostumado com camisinha, se por acaso ele tinha namorada e tal, e sim ele havia terminado há pouco tempo, mas o principal, começou a me contar que havia conhecido uma chinesinha (novo amor), e que haviam ficado na noite anterior (apenas beijo), mas que ela viajou (por isso ele quase desmarcou comigo rs) então comecei a pensar que talvez tenha amolecido por ele estar pensando nela e achei mais compreensível. Quando voltou para a cama, voltamos a nos beijar, comecei a chupá-lo para que se animasse de novo e fiquei esfregando o corpo do seu pau na minha bocetinha, isso funcionou e logo ele quis transar novamente! 😉 Já na terceira camisinha, fizemos na mesma posição que a primeira transa, começou de forma promissora, mas logo seu pau amoleceu de novo e ele ainda brincou: “é… hoje não estou com nada rs”. Sendo assim o chupei pelo resto do programa, mas nem assim ele conseguiu gozar pela segunda vez. 🙁 Depois fui tomar um novo banho para me vestir, ele também logo em seguida, e ao final me deu uma caixa de Rafaello. Hummmmm! 🙂 Fomos embora juntos até a recepção.

Deixe um comentário

You have to agree to the comment policy.