18 comentários em “Contagem Regressiva

  1. Olá Sara, sou mulher e acompanho sempre seus relatos. Gosto da forma que escreve, é doce e leve, além de muitas vezes ser divertida a leitura.
    Identifico-me muito com seus depoimentos, a forma que chega ao prazer e outras situações.
    Estou apaixonada pelas suas lingeries. Poderia revelar de onde são?
    Beijos
    P.S. estou ansiosa com o programa 100

    1. Oi Aninha!! Nossa que honra receber elogios de outra mulher! Achei que somente homens acompanhavam aqui!

      Me alegra muito saber que acha a leitura leve e divertida, essa é a intenção! <3

      Você também é GP? Como chegou ao meu blog? Fiquei curiosa! Rsrs.

      Quanto as lingeries, depende rs, são de vários lugares, mas caso se refira a essa do layout do blog, não é minha, é do fotógrafo rsrs.

      Também estou ansiosa para chegar no 100 e fazer aquele raking! Hehehe.

      Beijão!! 🙂

      1. Olá Sara !
        Não sou GP (mas adoria experimentar algumas destas suasvaventuras)Curto ler blogs de acompanhantes para tentar ficar mais safada na cama e saber o que se passa no universo masculino e também no trabalho de vocês. Que não é apenas na vida civil que encontramos alguns inconvenientes e que sempre há motivos para gostar de sexo fora de casa, mesmo o relacionamento sendo bom.

        Cheguei aqui por um comentário seu no blog da Alinne, que já acompanho a algum tempo.

        Como ei disse ali em cima, me identifico muito em suas postagens, pelo seu estilo e de como conduz as transas.

        Continuarei por aqui me deliciando com seus relatos e me divertindo TB.

        Beijos

        1. Nossa, como você é moderna! É a primeira mulher que “conheço” que possui interesse nesse mundo, sem estar dentro dele, adorei! 😛

          Sim! Concordo com você! Aposto que todo mundo, não só os homens, gostaria de se aventurar (não exatamente como GP), em uma relação sexual extra conjugal, não que não goste do seu parceiro, ou como você disse, mesmo que o relacionamento seja bom, apenas para sair da rotina, e também pela sensação do “proibido” já que sexo fora do atual namoro/casamento nunca é bem visto, a não ser que o casal tenha um relacionamento aberto.

          Ahh o blog da Alinne! <3 Ela também é uma graça! Realmente já comentei vez ou outra nos posts dela, muito bom saber que ganhei mais leitores por lá. 🙂

          Se me permite perguntar, qual a sua idade, Ana?

          Beijão.

      2. Olá Sara,

        Realmente, nem todas as vontades e desejos podem ser realizados. Ainda mais num relacionamento convencional. As pessoas, inclusive os parceiros, julgam certas atitudes, o que acho uma hipocrisia. Sexo é bom, por que não aproveitar o que tem de melhor nele?

        A vontade de ser uma acompanhante vem do fato de ser desejada por estranhos e realizar as vontades dele, e TB de se entregar completamente. Deve dar um frio na barriga gostoso.

        Claro que pode perguntar a idade. Tenho 30 anos.

        Beijos

        1. Sim!! O frio na barriga é tudo de bom!! Ainda mais quando acontece de ser premiada com aquele cliente ou outro que a química é mais forte ainda. De modo geral já é bom, mas tem alguns que ficam melhor ainda! Hehehe.

          Uma idade boa, vc está na idade do “fogo” quando a mulher quer transar mais que tudo! Hahaha.

    1. Oi Lucas!

      Precisamos combinar! Me manda um whats que te falo os dias das minhas folgas…

      Quanto ao feriado, não, pois pretendo voltar só dia 15 mesmo.

      3h consigo nas minhas folgas, ou nas sextas que não tenho aula.

      Beijão.

    1. Já sim, Alan! Acho bacana por que os gordinhos são carinhosos e fazem de tudo para satisfazer a companheira (pelo menos das experiências que já tive).

      Música, gosto de internacionais, tipo Rihanna, Taylor Swift, Maroon 5, etc… 🙂

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.