Cliente 102 – “O Crítico”

Quarto 223. Mais um japonês. Já disse que gosto de atender japoneses? Gosto muito, pois nunca tive nenhuma experiência desagradável com eles, sempre educados, respeitadores e com esse não foi diferente.

No começo fiquei um pouco receosa, pois ele não me beijava e possuía ar de muita seriedade quando falava. Se sentou na cama e enquanto bebericava uma Coca-Cola, conversava comigo sobre suas experiências anteriores com outras GPs. O assunto me interessou e o instiguei a continuar, perguntando quais foram suas piores experiências, pois queria pegar como exemplo do que não fazer. O assunto engrenou ainda mais e confesso que por um momento, pensei que talvez eu incentivar não tivesse sido uma boa ideia, pois comecei a perceber que ele era bastante crítico e cliente crítico pode não ser muito bom, já que muitos assim são difíceis de agradar.

Ele falando sobre as gafes das outras GPs, somado ao fato de ainda não termos nos beijado pra valer (apenas um ou dois selinhos), fez com que passasse pela minha cabeça, a possibilidade dele não ter gostado de mim. 😰 Japonês pode até ser educado, mas alguns podem ser sistemáticos, então fiquei preocupada desse ser o caso.

Felizmente isso ficou bem longe de acontecer! 😃 Quando ele decidiu que já tinha falado o suficiente, me olhou com maior atenção e me beijou, um beijo demorado e muito gostoso. Bastou esse beijo para as coisas engatarem. Começou com umas passadas de mão bem sutis enquanto me beijava e fiquei bastante excitada quando aquele homem sério e exigente, enfiou a mão debaixo do meu vestido, passando seus dedos por cima da minha calcinha. Safadinho gostoso. Depois passou a mão pelos meus seios e fiquei bastante feliz por ter ido sem sutiã 😈. Não precisou de muito, para que logo tirasse meu vestido. Depois tiramos sua camisa também (na parte de baixo só usava cueca). Quando fiquei só de lingerie, me conduziu para o centro da cama, e me beijou ainda mais, deitado por cima de mim.

Depois me pediu para deitar de costas e ficou passando a língua pelas minhas costas, como aquilo era gostoso!!! Depois das costas foi descendo para minha bunda e lá repetiu a mesma coisa, que delícia de homem! Depois me virou de frente, retirou minha calcinha e começou a me chupar! Hummmmm. Ele deveria ter mel naquela língua, pois me chupou de um jeito tão gostoso, que somado ao fato de eu estar olhando para a TV que passava filme pornô, gozei rapidinho.

Depois, pedi que também se deitasse e fiz o mesmo com ele, se deitou de barriga para baixo e passei a língua por suas costas. Depois disso, pedi que se virasse, para chupá-lo. Infelizmente seu pau não estava no ponto, então continuei com os beijos, até voltar para seu pau de novo, terminei de endurece-lo na minha boca. Depois ele já foi pegando a camisinha, o encapou e veio por cima no papai e mamãe. A transa não vingou, pois seu pau amoleceu. 😕

Ele retirou a camisinha e voltei a chupá-lo ainda deitada, com ele ajoelhado do meu lado. Novamente seu pau endureceu, ele colocou uma nova camisinha e dessa vez foi, que foi! 😜 Algumas vezes sugeri trocar de posição se ele quisesse, mas me ignorou e continuou bombeando no papai e mamãe. A transa durou um tempo considerável, estava tão gostoso que não pude resistir e comecei a me masturbar, gozei gostoso pela segunda vez.

Depois que ele também chegou ao clímax, se deitou ao meu lado e ficou alisando meu rosto, enquanto me olhava bem de perto. Voltamos a conversar ainda deitados e revelei que achei que não tivesse gostado de mim no começo, ele disse que de maneira alguma e revelou que me pedir para deitar de costas, foi um tipo de teste, para descobrir possíveis maus cheiros em mim, enquanto passava sua língua pela superfície da minha bunda! Ahhhh que vergonha!! Hahahaha. – Mal cheiro foi uma das experiências ruins que ele já teve -. Ainda bem que me contou isso só depois, pois mesmo sabendo que estava cheirosa, seria constrangedor saber disso durante rsrs. Crítico ao extremo! Depois fui me banhar, nos trocamos e fomos embora juntos até o metrô. Muito bom!! Já marcou repeteco! 😁

Um comentário em “Cliente 102 – “O Crítico”

  1. Uau, depois de ler o final do texto ficou a impressão de um Sommelier, degustando e sentindo os aromas…. Só faltou a avaliação, provavelmente flor do campo e hibisco com notas de morango silvestre 😉

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.