Cuidado ao abordar uma GP

Definitivamente devo estar numa maré de azar. Depois do cano que levei, esse aqui simplesmente desistiu de sair comigo, assim que nos encontramos na recepção do hotel! Percebi na hora que não tinha gostado do que viu, mas por um milésimo de segundo, pensei que pudesse ser apenas impressão minha. Mas não era.

Se tratava de um chinês. Seria meu primeiro aliás. Algumas pessoas já tinham me alertado que eles são estranhos, mas não esperava nada equivalente ao que aconteceu.

Estávamos trocando mensagens há mais de uma semana, havia desmarcado com ele semana retrasada por conta da Red Week e mesmo assim pareceu bastante interessado. Remarcarmos.

No dia desse encontro, precisei postergar 20 minutos do horário agendado e ainda assim me atrasei uns seis minutos. O que não passou despercebido por ele, que enviou por mensagem: “atrasada hein? Haha”.

Ele não chegou e já pegou um quarto, como costuma ocorrer. Disse que estava aguardando no carro e quando eu chegasse, me encontraria na recepção.

Quando ele veio até mim, percebi sua cara de decepcionado, pois me olhou exatamente igual o Cliente 8 – “O Carrancudo”, o que foi bem chato. Ele me cumprimentou e ficou estacionado na minha frente. Falei: “Vamos?” e percebi que hesitou em se mover. Daí perguntei: “O que foi?” e ele: “Você está estranha…” – Oi?? – “Estranha por que?” – perguntei – e ele: “Não te entendo” – como se não estivesse entendendo meu português (pelo menos foi isso que entendi).

Daí percebendo a cara de bosta que ele fez, perguntei o que já tinha quase certeza: “Você não quer mais?” e ele: “É… Acho que não” falei: “Então tá!” e enquanto me direcionava para a saída, ouvi ele murmurar um “Desculpe”.

Foi uma situação horrível! Fiquei com um grande ponto de interrogação, pensando no que poderia estar errado comigo. Lembrei do que informo no blog “se não gostar do que ver, me proponho a ir embora sem nenhum ônus” e era exatamente isso o que eu estava fazendo.

Mais tarde, não me aguentei e percebendo que ele ainda não havia me bloqueado, lhe mandei uma mensagem, perguntando o que tinha acontecido. Eis a sua resposta:

Print whatsapp

Fiquei um tempão olhando para a tela, absorvendo as coisas que disse.

  • Realmente não tinha ido de salto naquele dia, pois não sou de ferro e não é sempre que estou animada em usar, mas não achei que isso fosse fazer diferença, já que todas as outras vezes que não usei, nenhum cliente pareceu se importar;

 

  • No entanto, eu tinha ido com a roupa conforme pediu, estava usando o vestido mais curto do meu guarda-roupa, que era justo até a cintura e um pouco rodado nas pernas. – ele tinha pedido por um vestido curto e justo -;

 

  • Quanto a maquiagem, eu estava sim maquiada!! Por acaso ele esperava olhos pretos e boca vermelhona, igual um traveco?! Não faço esse gênero, nem nunca farei! Até porque um dos meus pontos fortes é justamente não ter aspecto de puta.

Mas enfim, depois de me responder, aí sim me bloqueou. Fiquei contente por ter ao menos me esclarecido antes.

Dica para os próximos clientes: Se a vestimenta for o mais importante para vocês, por favor, me digam antes exatamente como querem que eu vá. Não gosto de deixar nenhum cliente insatisfeito.

10 comentários em “Cuidado ao abordar uma GP

  1. A situação me pareceu até bem normal. De cada 100, você deve agradar uns 95 e desagradar uns 5. Obviamente, a grande maioria vai preferir que você esteja 100% em todos os quesitos, mas para uns isso pode significar mesmo uma calça jeans e um tênis, enquanto outros poderão preferir algo mais social. Gostos variados.

  2. Bom, cada um com seus gostos, comigo é o contrário, quanto menos maquiagem e perfume e produção melhor, adoro a beleza natural de uma mulher, mesmo que tenha pequenas imperfeições (que quase todos têm), mas também respeito o gosto pessoal (da mulher) , mal sabe ele o presente que perdeu por não gostar do embrulho e nem querer abrir o mesmo :-p

  3. Que situação mais chata, mas se esse cara procurava um GP super produzida com saltão e meia-arrastão era só procurar em uma boate ou em um site específico e não uma garota que deixa claro que atende após o trabalho civil e antes da faculdade.
    Falando nisso tem uma série que estreou mês passado que talvez você ache interessante, The Girlfriend Experience. A série não tem nada a ver com o filme péssimo com o mesmo nome de 2008. Nessa a protagonista não faz o estilo fatal e sim uma beleza mais classuda como deve ser a sua. São episódios curtos de meia hora eu só não sei que canal vai passar aqui no Brasil e baixei por torrent e já tem legendas disponíveis, caso queira ver.
    E melhor sorte com os próximos clientes.

    1. Disse tudo Zé!! Sinceramente não sei onde, esse perfil de cliente me encontra rs.
      Sobre o seriado, muito interessante! Quem sabe não baixo também agora nas minhas férias?! Obrigada pela dica e por participar com seu comentário! 🙂

  4. Sinceramente, Sara…. Apesar de não ter conhecer pessoalmente, marcar com uma mulher como vc e desistir na hora H, é muito difícil de entender… Entretando, existem loucos para todos os gostos!!!! Uma pessoa como vc nem precisa ter fotos no blog pra saber como é diferente de muitas outras… Parabéns!!!

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.