Publicado em Clientes Desagradáveis

Cliente 244 – “O Repentino”

Quarto 148. Logo que entrei já nos beijamos, e confesso que não curti muito o seu beijo. Não consigo me lembrar exatamente o porquê, mas se não me engano ele colocava a língua para fora demais e rodava no ar, ou se não foi isso, então usava língua de menos. Um desses dois foi com certeza! Rs. Depois ele foi se banhar, e enquanto isso fiz o ritual de sempre: ajustei a iluminação, liguei o som e fui me despindo.

Saiu do banheiro de toalha enrolada na cintura, e voltamos a nos beijar (ê beijinho difícil rs), ambos de pé. Depois desci para seu pau, que era mais grosso do que o esperado. 😒 Eu já estava agachada com o dito cujo bem na minha cara, quando tirei a toalha e soltei: “Isso aqui não é 13cm nem aqui, nem na China!”. – E eu tinha enfatizado, quando agendamos, a questão dos dotados -. Daí olhei para cima, e ele me olhou de volta com a maior cara de assustado. Perguntou todo apreensivo se eu queria ir embora. Eu nem o respondi, olhei para o pau de novo e acabei chupando. Relevei. Mas não esperem a mesma atitude numa outra vez que alguém tentar dar um de esperto comigo. 😒

Ele elogiou bastante o meu oral (querendo me bajular, talvez?), e depois voltei a beijá-lo. Tirou o meu sutiã, chupou os meus seios – um pouco brusco e certa hora acabei dando uma bronca por machucar meu mamilo -, e depois o chupei mais uma vez (já que ele tinha gostado tanto).

Daí eu já ia tirando a calcinha, mas ele me interceptou, pedindo que eu continuasse com ela e ficasse de quatro para ele. O obedeci e daí ficou brincando com a minha bunda, mordiscando, passando a mão, e também passou sua língua na minha xana por cima da calcinha. Ficou fazendo isso por um tempo, o que me deixou bastante excitada. Depois me virou de frente e voltou a me beijar, se deitando por cima de mim. Daí tirou minha calcinha, e ao se arrumar para me chupar, acabou deitando de lado. O que aproveitei para fazer um 69. 😛

Depois pediu que eu sentasse no seu rosto, e estranhei que ele preferisse só me chupar ao invés de também ser chupado, mas afirmou que era isso mesmo. E olha… o que ele não me agradou no beijo, superou no oral. 😯 Estava mesmo incrível e me fez gozar. 😛

Depois voltei para seu pau, e enquanto eu chupava toda focada, de repente senti a porra vindo na minha boca! 😠 No exato segundo em que ela encostou na minha língua, ele começou a falar, avisando que ia gozar, quando já estava gozando. 😒 Tirei a boca no mesmo milésimo, ao ponto de cair saliva e esperma na barriga dele. 💦

O olhei sem falar nada, mas fuzilando com os olhos. Ele perguntou se eu não engolia (num tom se desculpando) e falei (com dificuldade) que nem gozar na minha boca podia. 😒 (Fala sério, ele não leu sobre o meu atendimento antes de ir me encontrar não?! 😤)  Daí ficou pedindo desculpas e eu fui pro banheiro cuspir e enxaguar a boca (até gargarejei).

Quando voltei para o quarto, ele perguntou seu eu gostaria de parar com o encontro. Pensei um pouco e como a merda já estava feita, respondi que não. E falei num tom até meio seco para ele ir lavar o pau. Enquanto ele estava no banho, tratei de melhorar minha fisionomia, afinal se tinha escolhido continuar, então que deixasse isso para trás e fizesse bem feito.

Quando retornou, falei para não fazer mais aquilo e ele se desculpando novamente, disse que não faria de novo de jeito nenhum. Daí voltamos a nos beijar e um começou a masturbar o outro. Ficamos nisso por um tempo, até ele perguntar se eu não queria sentar. Na verdade não gosto de ir por cima logo de cara quando o pau é grosso, mas fui mesmo assim.

Peguei a camisinha, passei o gel e lá fui eu. Cavalguei por um tempo com ele me ajudando nos movimentos, e depois também pediu que eu cavalgasse de costas. Comecei a me masturbar nessa hora, até que de repente, ele pediu de quatro. Mudamos.

Estava muito gostoso e continuei me masturbando, mas não cheguei a gozar, pois ele acabou gozando antes. Na verdade, outra vez foi bem de repente. Ele tirou o pau do nada, e quando perguntei por quê tinha parado, respondeu que já tinha gozado. 😅  Fiquei chupando dedo.

Foi se limpar e continuei na cama. Conversamos um pouco, depois pedi a refeição (ele não quis) e fui me banhar. Me esperou terminar de comer e saímos do quarto juntos. Encontro de 1h.

Autor:

Sou aquela moça bonita que se passar do seu lado na rua, você nunca imaginará que é uma acompanhante de luxo. Com uma aparência recatada e um jeitinho inocente, prezo pela discrição e o sigilo. Admirada por alguns e odiada por outros, essa sou eu, prazer Sara Müller! (Sim, com trema no U.)

6 comentários em “Cliente 244 – “O Repentino”

  1. Sara… prometo que não vou fazer piadinha dessa vez….
    Mas eu tenho uma curiosidade… o fato de você não deixar finalizar no oral é exclusivamente por motivo de saúde?
    À propósito… mais uma foto linda no seu Twitter(mordendo o cantinho dos lábios)

  2. Na China 13cm não ia ser mesmo, provavelmente seria um tamanho mais tranquilo 😬

    Infelizmente se vê a má intenção da pessoa desde o começo, primeiro ao enganar a respeito da questão do tamanho, e dizer que ele foi legal ao falar se queria ir embora seria uma grande ofensa, só mostra como ele já sabia que estava em desacordo com o que perguntou antecipadamente e mais, foi FDP ao ponto de ainda ser cara de pau de oferecer para ir embora, duvido que ele estava oferecendo para ir embora e lhe pagar, ou seja, na verdade era um “ferrei com tua agenda com um programa de alguém dotado, vai ter que se virar no próximo cliente mesmo que esteja dolorida e correr o risco de ficar de molho, ou então fica no prejuízo, se arrumou e se deslocou até aqui pra voltar de mãos abanando e perdeu o horário que poderia fazer um atendimento “.

    Fosse minimamente preocupado com a situação, ofereceria pagar o valor de dotado, e ainda assim, poderia estar lhe prejudicado pois atenderia outra pessoa depois, sendo que se ele fosse sincero não teria outro cliente agendado no dia para não correr o risco de ter de desmarcar próximos clientes como já aconteceu.

    A gozada na boca novamente mostra como é mal intencionado… Se não sabe se pode, é óbvio que se deve perguntar, ou, avisar com antecedência que está para gozar para a menina ter oportunidade de terminar na mão se não finalizar. Falar vou gozar com a porra saindo só mostra novamente como é uma pessoa sem o menor respeito / caráter. Lamentável 😡

    Você foi muito profissional ao não criar caso e ainda por cima terminar o atendimento. Estaria no seu direito de exigir que ele pagasse e vazasse, e se ele se negasse, pedir por ajuda. Nessas horas dá para entender porque muitas recebem antecipadamente, apesar de cortar um pouco o clima, numa situação assim você já está com o dinheiro e realmente tem o poder de sair sem prejuízo financeiro, até por isso sempre faço questão de deixar o dinheiro disponível já de cara, em um envelope, se a pessoa quiser pode conferir sem constrangimento ou pegar o envelope e ir ao banheiro discretamente para lavar as mãos e já conferir.

    Felizmente as pessoas tão sem caráter como esse sujeito não são a regra, infelizmente mais uma vez teve que cruzar caminhos com alguém desagradáveis. 😓

  3. Que chato, Sara! Que cara sem caráter..mas você soube ser profissional, e felizmente esses são minoria é, quer saber? Azar dele, não vai ter mais a chance de sair com você.

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.