Publicado em Clientes Que Gostei!

Jantar com o Avaliador

Dessa vez ele quis um encontro sem motel, apenas me levou para jantar num restaurante incrível que eu ainda não conhecia, chamado: Ristorante Walter Mancini. Quem já foi lá sabe do que eu estou falando. Chique de doer, até a rua em que está localizado é linda demais. 😯

Cheguei antes dele – que se atrasou 20 minutos – e após cinco minutos de espera, resolvi pedir o couvert, para me fazer companhia naquele restaurante vazio. (Vazio por conta do horário e não por ser ruim, que isso fique bem claro rs.)

Enfim ele chegou todo esbaforido e atrapalhado (esbarrando nas coisas rs) me trazendo vinho, chocolates Lindt, uma xícara e… uma carta!!! 😯 Ai meu Deus, uma carta!

Jantamos calmamente, conversamos e rimos bastante. Deixei para ler a carta só no final, pois pelo jeito não era coisa boa e é sempre bom deixar o pior para depois rs. Antes que eu lesse, ele antecipou o assunto. Ele estava apaixonado por mim. Ai meu Deus, mais um. 🤦🏼‍♀️ E não estava disposto a continuar saindo comigo por conta desse sentimento, como cliente, e pediu uma chance como civil.

Eu não respondi nem que sim nem que não para não estragar o momento, apenas sorri. Eu já passei por isso antes e infelizmente estou habituada com esse tipo de situação. Mais um cliente perdido. Voltei ao dilema de: se for boa demais perde o cliente, se for ruim perde também, cadê aquele equilíbrio que eu não consigo nunca??! 😩

Confesso que achei muito precipitado ele dizer estar apaixonado por uma pessoa que ele só saiu duas vezes, mas ele disse que sabia muito bem o que estava sentindo. Eu não sentia o mesmo, então ali seria o nosso fim.

Depois do jantar me deu carona e o beijo de despedida no carro foi um tanto melancólico. Acabei lhe causando a impressão que eu pensaria no assunto, mas já estava decretado dentro de mim que eu não misturaria as coisas como ele fez.

Não pensem que sou insensível, pelo contrário, sou muito romântica e é sempre muito lisonjeiro quando os clientes criam certo afeto por mim, mostra que fiz o meu trabalho bem feito (bem até demais rs). Mas esperar que eu vá corresponder sempre que acontecer é um pouco demais. 😢

Autor:

Sou aquela moça bonita que se passar do seu lado na rua, você nunca imaginará que é uma acompanhante de luxo. Com uma aparência recatada e um jeitinho inocente, prezo pela discrição e o sigilo. Admirada por alguns e odiada por outros, essa sou eu, prazer Sara Müller! (Sim, com trema no U.)

3 comentários em “Jantar com o Avaliador

  1. Nelson Rodrigues dizia que uma garota de programa jamais enlouqueceria um homem e sim uma garota casta e pura. Ele não podia estar mais errado. Times change old man.

  2. Quando o amor se torna “bom dia” como diz a canção, e aparece uma Sara na vida de alguém o difícil é não se apaixonar..

  3. A paixão é uma força inexplicável, um fogo que arde sem se ver (sei que já ouviram isso antes!!). Diferente do amor, que não surge derrepente, mas precisa de tempo, apaixonar-se pode acontecer em uma noite, uma semana, algumas horas!
    Como te falei um dia, eu já te conhecia, como muitos que realmente se debruçam sobre seus textos no blog. E um sentimento de familiaridade já havia surgido, mesmo antes do primeiro encontro. Depois, o coração não tem controle, e as coisas acontecem naturalmente.
    Repito, só quem já saiu contigo, para saber o que é, e como aqueles momentos são mágicos. Àqueles que procuram apenas satisfazer a carne, com certeza sairão realizados e, àqueles que, além da carne, estão com sede de alma, o cadafalço da paixão está a frente, no momento em que se abre a porta e a sua escultural presença se desnuda!

    Beijos

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.