“O Inédito”

Querido diário…

 Esse é do Rio…

Um pouco apreensiva e levemente traumatizada pelo cliente da noite anterior, fui atender este com receio de ser outra experiência ruim. Medo um tanto ilógico, já que, estatisticamente falando sobre a minha trajetória até aqui, a chance de eu ter um encontro ruim seguido de outro é praticamente zero. E se tem uma coisa que não me faz bem é atender clientes desagradáveis. Saio do encontro com uma energia ruim, de mau humor, me questionando até mesmo sobre a minha continuidade no ramo. Mas aí, sempre o próximo cliente é totalmente o oposto daquilo que foi degradante, fazendo com que pensamentos negativos voem para bem longe. E é mesmo incrível como as pessoas podem e são diferentes umas das outras. 🙂

Combinamos de eu encontrá-lo num hotel chamado Address Faria Lima. Nunca estive lá. Me recebeu de maneira extremamente calorosa e gentil, reconfortando por completo o meu coraçãozinho. Enquanto caminhávamos pelo corredor, em direção ao quarto, ele disse me acompanhar há algum tempo, que tinha muita curiosidade em me conhecer e que, internamente, sabia que não iria se decepcionar, como de fato não se decepcionou. Um fofo.

Esse encontro me surpreendeu demais. Aconteceu algo que eu NUNCA presenciei nesses quatro anos de atividade. Quando iniciamos as preliminares e caímos na cama aos beijos, em pouco tempo ele desceu para a minha menina. Ele praticamente acampou lá embaixo! Algumas vezes tentei trazê-lo para cima, pois fico com receio de cansar a língua do parceiro que está me chupando, mas ele não cedeu, estava de fato gostando muito de me chupar todo aquele tempo. Tenho quase certeza que aquela eternidade em que fui deliciosamente paparicada, chegou a no mínimo trinta minutos ininterruptos! Não me lembrava de ter sido por tanto tempo assim com clientes. 😯

Mas o que de fato me impressionou (mais), foi ele levantar para ir correndo ao banheiro, pois estava gozando! Isso mesmo, gozando! 💦 Aí você me pergunta: “Mas o que tem de extraordinário nisso?” 🤔 O que tem? O fato dele não estar se masturbando enquanto me chupava. Foi a primeira vez que vi alguém gozar sem encostar no seu membro para isso. Ele sente tanto tesão em chupar uma buceta, ao ponto de gozar só por estar executando a tarefa. Fiquei de queixo caído. Alguém aí também já gozou sem precisar se tocar?? Me contem nos comentários, pois pra mim isso foi mesmo algo inédito. 🤭

Conversamos bastante depois disso e fiquei ainda mais impressionada com a sua história de vida. Lembram quando o ex-presidente Collor confiscou todo o dinheiro da conta poupança da população brasileira? Ele sofreu as amargas consequências dessa determinação. Ouvi-lo narrar toda a sua luta foi muito interessante. Foi um fato histórico e eu estava diante de uma pessoa que vivenciou aquilo diretamente. Não é louco isso? É que nem você conversar com alguém que sofreu na ditadura ou com a Anne Frank… tá, estou exagerando rs, mas foi mesmo de muito aprendizado ter aquele tipo de prosa com ele. Muito guerreiro.

Vocês acreditariam se eu dissesse que não avançamos mais na parte sexual? O papo fluiu tanto, que, quando vimos, o fim da nossa 1h juntos estava se tornando realidade. Infelizmente. Quase saímos de novo no dia seguinte, mas alguns imprevistos impediram que ele me encontrasse outra vez, antes de voltar para o Rio.

Obrigada meu querido “Inédito”, por toda a gentileza. Você não sabia, mas estava me fazendo um bem tremendo estar na sua companhia. Conseguiu deletar por completo a sensação ruim que o anterior tinha deixado. Não vejo a hora de te rever e poder dar o que você merece. 😏

2 comentários em ““O Inédito”

  1. Essas coisas de gozar com pouco ou nenhum estímulo direto no penis acontece normalmente em estados de extrema ansiedade num mecanismo semelhante ao da ejaculação precoce.
    Comigo já aconteceu algumas vezes no início da minha vida sexual. Não sei se ele estava ansioso ou relaxado naquela situação.

  2. Depois da tempestade, a bonança…tá vendo, Sara? Felizmente essas pessoas do “lado negro da força”. São uma minoria, e logo uma boa pessoa entra em nossa vida pra mostrar que sim, você merece receber carinho!

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.