Incomunicável

Repeteco com o Incomunicável!

Sabe… quando comecei a fazer programa, nunca imaginei que um cliente de repeteco pudesse se tornar desagradável. Porém… este já é o terceiro. 😔

Ele mandou um e-mail quando eu estava a caminho do Lido (indo atender o Atencioso), perguntando se eu estava por lá. Respondi com o horário que eu estaria disponível, e ele me passou o número do quarto que estava, para que eu fosse lá depois, pois queria “marcar algo comigo”.

Fiquei toda empolgada em ir encontrá-lo, e após o atendimento anterior, fui para o quarto 251. Entrei, conversamos bastante primeiramente (como sempre), e então me fez a tal proposta. Ele gostaria de fazer um pernoite comigo e no dia seguinte viajarmos (bate e volta) para Santos. E combinamos tudo isso para determinado dia da próxima semana.

Depois nos beijamos, e já se deitou por cima de mim, na cama. Após poucos amassos, ele voltou a se levantar para tirar a roupa, e fiz o mesmo, já aproveitando para pegar a camisinha. Mais beijos, o chupei, e na sequência encapamos que a coisa já estava pegando fogo. 🔥

Ele veio no papai e mamãe, e meteu bem gostoso por um tempo, até que fez uma pausa. Daí tirou o preservativo e imediatamente voltei a chupar. Quando ele estava quase encapando de novo para retomarmos a transa, ao me ver ali, de pernas abertas na sua frente, pronta para o coito, fez algo inesperado e que nunca tinha feito nos nossos encontros anteriores. Se abaixou e me chupou! 😯 Chupava muito gostoso e quase, quase me fez gozar!

Daí após um tempo de oral, encapou o menino e pau pra dentro! Tivemos variações de posições, mas não me recordo ao certo quais foram… de quatro? De bruços? 🤔 Só lembro que quando gozou, tínhamos voltado para o papai e mamãe, e pedi que continuasse mais um pouco, pois eu estava quase gozando também. Depois fui me banhar para ir embora, coloquei minha roupa e parti.

Aposto que a essa altura, vocês devem estar se perguntando: “Tá, mas o que ele fez de errado, se chegamos ao final do encontro e foi tudo perfeito?!” 🤔 Bom… há um pequeno detalhe que eu não citei no começo, pois queria deixar o melhor (ou devo dizer o pior?) para o final. Voltemos ao início do relato.

Lembram quando eu disse que conversamos bastante a princípio? Pois então, após meia hora de papo (inclusive depois da proposta do pernoite/viagem), ele compartilhou uma situação bem chata, que ocorreu com ele e o seu banco (se é que isso era verdade).

Contou que o dinheiro da sua conta estava indisponível – me explicando a suposta razão – e que por conta disso, não poderíamos fazer o programa naquela noite, pois estava zerado. Confesso que quando ouvi isso, apesar de não ter mudado em nada o meu semblante, por dentro pensei que ele já tinha começado errado, pois o tempo que eu estava ali já estava contando, e obviamente não fui até seu quarto por pura amizade. Até porque o assunto da viagem poderia muito bem ter sido tratado por e-mail, como vínhamos nos comunicando até então.

Ou seja, fui encontrá-lo com expectativas de ter mais um programa bem sucedido, e no entanto, nem o tempo de prosa ele me pagaria. Daí, no intuito de não sair perdendo – afinal já tinha se passado meia hora dentro daquele quarto – fiz a besteira de lhe dar um voto de confiança. Falei que poderíamos prosseguir com o programa e que ele poderia me transferir o valor do encontro depois (esse depois seria em menos de uma semana, conforme ele disse que resolveria as coisas no banco), junto com o dinheiro do pernoite/viagem. Fiquei com ele sem pressa e ao final contabilizei o tempo total desde a minha chegada: 2 horas.

Se passou um mês e cinco dias desde esse encontro, e até agora ele não me depositou/transferiu dinheiro nenhum. 👎🏻 Cancelou a tal viagem por motivo de “falecimento” na família, remarcou para  outro dia que novamente desmarcou (em cima da hora), e desde então vem me cozinhando em banho-maria.

Se defende que não, não é enrolado, que sim, cumpre seus compromissos, e que amanhã (o amanhã que nunca chega) irá depositar o equivalente ao programa de duas horas. E se já não estava bom enquanto me enrolava, agora está ainda pior, pois de duas semanas para cá, nem responde mais aos meus e-mails. 😖

Olha… estou mega decepcionada com tudo isso. Como eu pude ser tão idiota e ingênua de confiar numa pessoa que eu só tinha visto duas vezes na vida??! Como não passou pela minha cabeça que ele pudesse ser um pilantra??! Ele alimentou por semanas a mentira de ainda não ter resolvido o problema no banco, e deixou para desaparecer quando comecei a tratá-lo com rispidez, por estar caindo em mim que se tratava de um golpe.

Mas também… o que eu poderia esperar de um cara que sai com Gps na surdina, ligando de telefone de hotel, para que as mesmas não saibam seu número pessoal? Estão vendo porque não agendo por e-mail? Não deveria nunca ter lhe aberto essa exceção, nem aceitado uma indicação daquele hotel. Ou melhor, não deveria nem tê-lo conhecido. 👎🏻