Cliente 105 – “O Perguntador”

Quarto 203. Ele era exatamente igual a foto do whats. Entrei, nos sentamos e começamos a conversar. Me encheu de perguntas, mas não me senti incomodada pois percebi que queria apenas me conhecer melhor, no entanto, ainda assim não respondi a tudo que perguntava rs. Me pareceu ser bastante culto, trabalha com publicidade e possuía um papo inteligente.

Depois de um tempo de conversa, nos levantamos e começamos a nos beijar. Ele beijava muito bem e o encaixe foi perfeito! Ficamos um tempo nos beijando e nos amassando, até que dei uma pausa, me dando conta do silêncio e fui ligar o som. Assim que voltei para ele, rapidamente me envolveu em outro beijo, daí foi tirando meu vestido e me agachei para chupá-lo. Após chupar aquele pau delicioso, me deitou na cama, ainda me beijando. Achei que já fosse querer transar e falei de pegar a camisinha, no entanto ele me ignorou e desceu para me chupar também. Mais beijos e amassos até que iniciamos a “transação”.

Começamos no frango assado, metia gostoso e incansável. Depois de um tempo considerável metendo, gozou com gemidos e cara de dor. Hehehe. Ficamos um tempo deitados, com ele extasiado. Depois voltamos para a mesa, para mais conversas enquanto ele se recuperava. Nesse momento citou que poderia me indicar – se eu quisesse – em dois meios de comunicação que possuía contatos, para vaga de estágio. Isso me animou muito, mas no segundo seguinte me lembrei que para isso, ele acabaria descobrindo tudo sobre mim, já que teria que lhe encaminhar meu currículo. Desanimei. Daí ele acrescentou que se eu não quisesse me expor de tal maneira, poderia então me passar o contato das pessoas responsáveis pelo estágio. Novamente me animei e desanimei rapidamente, afinal, quem me garantia que tal pessoa, não estaria em comum acordo com ele, apenas para lhe fornecer as devidas informações posteriormente? Droga. Seria legal uma vaga de estágio em qualquer um dos dois lugares que mencionou, mas como poderia confiar numa pessoa que acabava de conhecer? 😔

Segundo round. Comecei por cima, mas não cavalguei muito, pois logo me virou e me pegou bem gostoso no papai e mamãe. Me masturbei mas não consegui gozar, já ele teve a sua segunda gozada, me deixando super feliz e satisfeita (adoro proporcionar prazer aos meus clientes). 😌 Ficamos na cama conversando bastante, ele continuava com suas perguntas e determinado momento, soltei: “você pergunta demais, hein?!”, daí ele explicou que fazia parte da sua profissão e que muitos publicitários até evitam perguntar, para que o outro não capte a sua ideia ou até mesmo desenvolva a sua própria, através de tal pergunta.

Terceiro round! Me pegou novamente no frango assado e me empenhei em gozar também, estava sendo muito gostoso transar com ele para que eu ficasse chupando dedo. Ahh que delícia! Pouco tempo após eu gozar ele gozou também, eita homem disposto! Depois disso, descansamos mais um pouco, até que após quase duas horas horas juntos, ele disse “Vamos?” (o cliente tomando a iniciativa?! Uau!). O ruim é que nem tive tempo de tomar banho, porque ele se vestiu tão rápido, que fiquei sem graça de demorar. Parecia até que estava com pressa em ir embora rs. Acabamos pegando o metrô juntos, mas desceu logo na próxima estação. Adorei! 😈

3 comentários em “Cliente 105 – “O Perguntador”

  1. Relaxa que se for o caso, com o tempo vem a confiança (ou não 🙁 ), mas esse é um lado complicado mesmo, quando a vida civil encontra a outra pode ser complicado, pode ter consequências, só você mesmo para decidir se/quando vale arriscar misturar os dois, às vezes as pessoas bem intencionadas de verdade podem não compreender a “neura”, mas há de se entender que é um mundo machista e cafajeste e que infelizmente um comentário inadequado sobre a vida não civil pode fechar muitas portas e oportunidades, não deveria ser assim, mas como é, a cautela se faz necessária.

    Curiosidade, uma das minhas possibilidades era ser publicitário justamente por adorar propaganda e ter um primo no meio, uma das minhas favoritas é essa:

    https://youtu.be/3HvKHTC_oE0

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.