Publicado em FAQ

Pergunta do Seguidor

Só para contextualizar melhor, essa pergunta derivou desta outra:

Bom… vamos lá que a história é longa rs.

Algumas pessoas do meu ciclo de amizade, sabem o que eu faço. Entre elas, meu ex melhor amigo R. Eu e ele éramos amigos desde os tempos de escola, inseparáveis, quase 20 anos de amizade.

O R já tinha cometido alguns deslizes com o meu segredo, como por exemplo fazer o favor de revelá-lo para mais três gays do nosso grupo, com a desculpa que não aguentava carregar esse segredo sozinho (como se eu tivesse matado alguém 😒) e também disse que “sem querer” deixou meu blog aberto no seu computador, quando sua irmã pediu para usá-lo. 🙄

Deslizes esses que relevei, por terem sido com pessoas de confiança, apesar de várias e várias vezes pedir que ele não ficasse contando da minha vida para os outros.

Daí no ano passado, R começou a namorar e adivinhem só? Novamente abriu o bico sobre a minha vida para esse seu novo namorado. O relacionamento deles era muito abusivo e toda vez que o R se queixava para mim, eu o aconselhava a terminar, pois pelas coisas que ele me confidenciava, o tal garoto parecia um psicopata. E talvez fosse mesmo. Esse namorado vigiava as conversas do whatsapp e logicamente pegou raiva de mim quando viu que eu era contra aquele relacionamento. Chantageou o R, dizendo que se ele o largasse, iria expor na minha faculdade o que a amiga dele fazia.

O R me contou isso aos prantos e eu, muito madura, falei que jamais aceitaria que ele ficasse com alguém na base da chantagem por minha causa. Que se ele me prejudicasse, eu aguentaria a bomba. Eu estava com o cu na mão, mas não tive outra alternativa. Era o certo a fazer. Deletei as fotos mais explicitas do blog e aguardei.

A princípio pensei que o garoto tivesse blefado, mas ele começou agindo de outras formas. Primeiro ele jogou meu número pessoal em sala de bate papo, dizendo que era o telefone da “Sara”. Quando isso aconteceu, até comentei aqui no blog, nesse balanço mensal.

Achei que fosse retaliação de algum cliente hacker que estivesse ressentido por ter ido para os desagradáveis. Mas não, era esse garoto. Depois ele colocou anúncio na OLX, dessa vez usando meu número de trabalho. Coisas que falando agora parecem insignificantes e até engraçadas, mas que na época me causaram grande estresse, dores de cabeça e preocupação.

Não satisfeito, ele enviou o link do meu twitter para algumas pessoas do meu facebook, através da conta do R, que ele tinha a senha. Por sorte, as mensagens foram ignoradas, pois foram para aquela pasta de “solicitação de mensagem”, com exceção de uma. Um garoto que estudou comigo e que havia trancado o curso um semestre antes, me chamou no whatsapp e após um tempo de conversa, perguntou se era eu.

Mas nada disso se compara a sua cartada final, fiz até um boletim de ocorrência por perturbação depois dessa última. Aquele garoto enviou um e-mail para os coordenadores do meu curso da faculdade, se passando por alguma menina da minha sala, dizendo que me flagrou tirando fotos inapropriadas no banheiro da faculdade e que ao me confrontar dizendo que não achava aquilo certo, eu fui agressiva. E que se a coordenação não tomasse nenhuma providência, “ela” iria na polícia, pois não se sentia segura.  A foto em questão era essa:

Fui chamada então na coordenação para conversar com os dois coordenadores do meu curso, que eram uma professora que já havia me dado aula em outro semestre e um rapaz que eu só conhecia de nome.

Foi uma situação bastante constrangedora. Eles não revelaram ter visto a tal foto (mas imagino que viram) e foram super éticos. Eu falei que aquela situação não tinha acontecido (pois realmente não aconteceu), que eu não tinha inimizades na sala e ainda lancei  a pergunta: “Vocês concordam que se eu fosse tirar uma foto ‘inapropriada’ eu jamais tiraria com mais alguém dentro do banheiro?!” Não neguei, mas também não confirmei que a foto existia rs. Eles perguntaram se eu sabia de alguém que queria me prejudicar e confirmei que sim, havia, mas que não era ninguém da faculdade.

Eles não tinham muito o que fazer ou dizer, sempre fui uma boa aluna, então só me orientaram a tomar cuidado. Ainda me deram carona para outro campus que eu teria aula naquele dia e ficou tudo bem. Tudo bem naquelas né, pois sempre que os vejo na faculdade e nos cumprimentamos, eu penso: “eles sabem o que eu faço”.

Além de toda essa dor de cabeça que tive, conseguem adivinhar o que mais aconteceu? Acertou quem disse que o R voltou com o tal namorado! 😒 Na verdade, eles nunca se separaram de fato, o meliante agia contra mim por birra, mesmo estando junto com o meu (ex) amigo.

Fiquei três meses sem falar com o R, até que ele se reaproximou de mim (escondido) através de um outro amigo nosso. Me pediu ajuda para sair da casa do namorado, que a situação estava insuportável e que ele se arrependia muito de não ter dado prioridade a nossa amizade.

Eu, muito trouxa, idiota, ajudei. Emprestei dinheiro – que até hoje ele não me pagou – para dois dias depois, mais uma vez, ele voltar igual um cachorrinho para o garoto de novo. 😒 Daí cheguei no meu limite. R passou por poucas e boas. Não perdeu só a minha amizade, mas também a de outro membro do nosso grupo, que tinham amizade até a mais tempo que eu e ele, pois ambos pegamos ranço do seu jeito aproveitador, folgado, que só sabe se vitimizar e fazer os outros de idiota. É o tipo de pessoa que dificilmente terá algo na vida.

Engraçado que meu ex namorado também não ia muito com a cara do R, outras amigas minhas quando eu contava das coisas que o R fazia, o achavam folgado e somente após essa grande decepção que finalmente me dei conta de quem ele era de verdade.

Cuidado você aí também com aquele amigo(a) que outras pessoas do seu convívio não curtem tanto. 😏

Autor:

Sou aquela moça bonita que se passar do seu lado na rua, você nunca imaginará que é uma acompanhante de luxo. Com uma aparência recatada e um jeitinho inocente, prezo pela discrição e o sigilo. Admirada por alguns e odiada por outros, essa sou eu, prazer Sara Müller! (Sim, com trema no U.)

Um comentário em “Pergunta do Seguidor

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.