Repeteco com o Tatuado!

Quarto 125. Entrei coloquei minhas coisas na mesa e sem muita cerimônia já começamos a nos beijar. Depois me despi logo e subi em cima dele somente de calcinha e sutiã, nisso ele também ficou somente de cueca. Seguindo o mesmo ritmo do nosso primeiro encontro, nos beijamos muuuuito! Mais do que qualquer outra coisa! Arrisquei passar a mão no seu pau enquanto o beijava e pude senti-lo bem mais duro que da outra vez! Já me animei pensando que naquele dia fôssemos transar! Depois de um tempão beijando desci para seu pau e ele não me pareceu muito empolgado enquanto eu o chupava, talvez ele fosse igual o “namorador” que prefere beijos do que ser chupado. Como percebi que não estava muito empolgado, subi para beijá-lo de novo e foi bem mais receptivo. Enquanto nos beijávamos ele me alisava, passando seus dedos nas minhas costas e na minha bunda e por incrível que pareça me deixava com muito tesão quando passava sua mão na minha bunda rs, tudo que eu mais queria era senti-lo dentro de mim, estava muito excitada com todas aquelas carícias. Os minutos foram passando e ele não pediu em nenhum momento para transarmos, calado igual da primeira vez, mas já não achei tão estranho pois agora sabia como era o jeito dele.

Teve um momento enquanto eu o beijava e o masturbava deitada de lado, que ele ficou alisando minhas coxas, eu estava tão excitada e ele passando a mão ali tão perto da minha xaninha só me deixava mais louca ainda! Comecei a me contorcer torcendo pra ele colocar a mão “lá”, mas ele enrolava, não sei se fazia de propósito, eu estava quase colocando minha xana na mão dele hahahaha. Algumas vezes ele passava a mão nela mas era muito rápido e eu queria maaaais!! Em nenhum momento ele me chupou, mas era bastante atencioso com os meus seios, os chupavam algumas vezes e a forma como pegava neles era muito delicado e carinhoso, muito gostoso. Como os minutos passavam e ele não falava nada de pegar a camisinha, no intuito de dar um empurrãozinho perguntei se eu iria poder sentir ele dentro de mim, e ele revelou que tinha dificuldade em manter a ereção com camisinha. Falei para tentarmos então (eu estava doida pra transar aquela altura), mas não deu certo :'( seu pau amoleceu antes mesmo de eu abrir o preservativo, só foi o tempo de pegar na bolsa! Voltamos aos beijos e amassos, mas dessa vez seu pau estava demorando pra endurecer. Como ele passava bastante a mão na minha bunda, imaginei que tivesse tesão nela e experimentei me virar de costas para ele, fiquei esfregando ela no seu pau. Peguei seu pau, coloquei no meio dela como se fôssemos fazer anal e fiquei esfregando bem gostoso, até eu fiquei mais excitada ainda com aquilo, queria muito transar, puta que pariu eu estava em ponto de bala!! O efeito foi bom até pra ele e resolvemos tentar de novo, não dava certo, ô pau difícil! Ele mal conseguiu empacotar todo e já tinha amolecido :'( eu já não tava mais me aguentando e comecei a me masturbar, ele estava sentado de frente pra mim e eu deitada de pernas abertas comecei a me tocar e ainda pedi que me dedasse enquanto ele mesmo tentava animar o pau rs. Ahh eu estava quase gozando e ele tentou duas ou três vezes enfiar o pau, teve uma hora que pareceu que ia dar certo, ele começou a meter mas em questão de segundos amoleceu. :'( :'( :'( Acabei gozando me masturbando (com ele me dedando também, que eu pedi) e depois meio que falei pra ele gozar na punheta então, já tínhamos passado do tempo (havíamos fechado 1:30) e eu precisava ir embora. Ele gozou na punheta (dessa vez saiu bastaaaante porra) e se banhou. Fomos embora juntos até a recepção.

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.