Cliente 267 – “O Proseador”

Quarto 168. Eis aqui um homem que gosta de um bom papo. Foi mais de uma hora apenas conversando. No começo achei que fosse só para quebrar o gelo inicial, mas conforme o tempo foi passando e o assunto foi rendendo, me dei conta que ele prezava mais pela companhia do que pelo sexo em si.

Somente após muita prosa, que entre uma carícia e outra, o clima foi esquentando. Daí me deitei por cima dele e o beijei. 💋 Na sequência pediu para me ver sem roupa, e como sou uma menina muito obediente, me despi na mesma hora. 👧🏼

Logo depois me deitou e chupou os meus seios delicadamente, até que foi descendo para a minha xaninha. Confesso que fiquei bastante impressionada em como ele chupava bem! E gostoso como estava, não tive como não gozar! 😁 Ele também assoprou depois que gozei, intensificando ainda mais a sensação! 😯

Também o chupei depois disso, mas não fiquei tanto tempo quanto ele ficou em mim, pois logo me puxou para mais beijos, fazendo com que ficássemos só nas carícias até o término (combinamos 2h). Por final pedimos a refeição e jantamos. Me presenteou com esse delicioso chocolate: 😋

Presente Proseador

Na partida foi ainda mais gentil. Além me dar carona até determinado endereço, onde eu ia encontrar uma amiga (mais especificamente a Agatha Galluci), ainda nos deu carona até outro endereço, que iríamos depois de eu encontrá-la. Não tive como não lhe enviar uma mensagem depois: 😊

WhatsApp Sara Müller e Proseador

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.