Cliente 347 – “O Exaustivo”

Eis aqui mais um rapaz persistente que tentava sair comigo desde abril. Quarto 222. Conversamos bastante a princípio, até que começamos a nos beijar. Durante os beijos, ele se direcionou para a mesa e se sentou em cima dela, de modo que eu ficasse em pé entre as suas pernas abertas. Comigo a sua frente, lhe beijando, ele aproveitou para despir a minha blusa e chupou deliciosamente cada um dos meus seios. Depois, fui descendo para seu pau e o chupei por um bom tempo, inclusive fiz beijo grego, que ele havia perguntado a respeito por mensagem e eu lembrei que ele curtia.

Após muito tempo lhe chupando, ora brincando com seu pau na minha bochecha, ora passando a minha língua teatralmente pela sua cabecinha, me puxou para mais beijos e após mais alguns amassos, pediu pela camisinha. Eu ainda estava de saia e calcinha, no caso tirei só a calcinha. 😏

Após encapado, ele me virou de costas e ousadamente tentou colocar “apenas a cabecinha” no meu rosinha. Ele já tinha feito carícias lá enquanto nos beijávamos e me deixei levar. Certa altura, falei que ia pegar o lubrificante, mas o sexo anal não engrenou, acredito que pela posição e também por seu pau não ser tão pequeno assim. Era mais grossinho e raramente consigo fazer anal com esse tipo de dote.

Após algumas tentativas sem sucesso, fui direcionando seu pau para a minha menina, pois lá atrás já estava começando a arder com as demasiadas tentativas. Ele foi um pouco teimoso e mesmo eu dizendo que não, quis tentar outras vezes, até o momento que me impus de maneira mais enfática e ele entendeu que era caso perdido.

No primeiro round transamos na cama com ele por cima de mim, estava muito gostoso e tentei me masturbar, mas devido à urgência dos movimentos e a proximidade dos corpos, não consegui. Não houve variação de posições nessa primeira transa, apesar de ter sido bem duradoura. Ambos estávamos ofegantes e cansados quando enfim ele gozou.

Pausa para o banho. Mais algum tempo papeando e novamente repetimos o processo do primeiro round. O chupei por um tempão e dessa vez consegui masturbá-lo enquanto também fazia beijo grego.

Quando novamente encapado, o segundo round ele quis começar por ali, na mesa mesmo. Me sentou nela e estocou com tanta força e vontade que meu corpo sambava para frente e para trás naquele móvel duro. Durante suas investidas, tentei me arrumar de maneira que eu ficasse confortável, desafio esse que não consegui concluir, aliás, fiquei com os ossinhos do quadril doendo por uns quatro dias.

Depois ele me levou para frente do espelho e me pegou por trás, comigo de pé, inclinada para a frente. Aquela posição foi ainda mais desconfortável, pois conforme ele ganhava força e velocidade (já começou na velocidade 3), ficava mais difícil eu me manter na posição. Minhas pernas começaram a ficar bambas e acabei pedindo arrego, estava ficando selvagem demais.

Daí fomos para a cama e ele me pegou de quatro. Novamente tentei me masturbar, mas ele começou a abrir suas pernas cada vez mais, obrigatoriamente fazendo com que as minhas também se arreganhassem junto com as dele. Depois trocamos para papai e mamãe, comigo lhe ajudando nos movimentos, e ele gozou a segunda assim.

Quando a transa terminou, juro para vocês, senti as batidas frenéticas do meu coração. Parecia que eu tinha corrido km. Minha respiração extremamente ofegante demorou uns bons minutos para se estabilizar.  Fazia muito tempo que eu não tinha uma transa tão exaustiva assim. Foi gostosa, mas ao contrário dele eu não consegui gozar nenhuma vez.

Fiquei algum tempo arriada ali na cama com ele deitado do meu lado (se eu pudesse até teria dormido), até que de repente o safadinho pegou a minha mão e colocou no seu pau de novo, que estava mole, como se quisesse que eu o reanimasse. Sorrateiramente me levantei nesse exato momento, pois o cara da rádio já tinha anunciado o horário, nosso tempo tinha acabado (combinamos 2 horas) e mesmo ele tendo proposto estendermos o tempo, não era uma coisa que eu queria e aguentaria.

Fui para o banho antes dele e antes de escovar os dentes, me sentei ao seu lado na mesa para comer um pão de mel trufado delicioso que eu havia levado na bolsa. Daí ele propôs que continuássemos, mas recusei pois, além de ter outro compromisso depois, minha xana já estava doendo de tanta fodelança. Ele insistiu, pedindo que eu ficasse apenas o chupando, mas como eu disse tinha compromisso depois e não aceitei.

Sendo assim, terminei de comer e continuei me arrumando para ir embora. Ele permaneceu no quarto e no momento em que abriu a porta para mim, fez aquela pergunta que toda acompanhante detesta:

– Na próxima vez você me faz um desconto?

Levei na esportiva e respondi sorrindo:

– Desconto pra você? Que me deu mais trabalho? Rs.

– Mas foi um trabalho bom…

“Você que pensa”, foi a minha vontade de responder. Com a xana ardendo e meus ossos do quadril doendo daquela mesa dura, ainda sem gozar nenhuma vez, definitivamente não tinha sido tão bom assim não.

– Você é contador… e contador ganham bem. – Apelei para sua profissão.

– Tô falando sério, vai.

– Eu também rs.

Esse final foi um tanto desagradável, eu ODEIO que me peçam desconto. Acabei soltando um “vou pensar” apenas para me livrar daquele assunto. E ele não satisfeito com a minha resposta, ainda insistiu de novo, como se um “vou pensar” já não fosse o suficiente. Me virei para ir embora, ao mesmo tempo em que pensava: “vou pensar uma ova”. Se for pra vir com esse papo de novo, é bom que nem me procure mais.

Sensual

Repeteco com o Sensual!

Quase não acreditei quando finalmente o repeteco deu certo após 7 meses do primeiro encontro! 😃 Nos encontramos na estação Santos Imigrantes e seguimos para o motel Prestigie. Dessa vez ele quis experimentar uma coisa diferente e propôs iniciarmos a pegação dentro do carro mesmo, antes de entrarmos no quarto. 😈 Novidade até para mim! Hehe

Então assim que estacionou na garagem da suíte, começamos a nos beijar empolgadamente, e as roupas foram deixando nossos corpos conforme a coisa ia esquentando cada vez mais. Abri sua braguilha, tirei seu pau para fora e já comecei a chupar! 😋 Percebi que ele ficou louco de tesão, e após algumas passadas de dedo na minha xana, me puxou para o banco do motorista, ao que ele se levantava e ficava de pé ao lado da porta para que eu continuasse chupando. 😛

Depois interrompeu minha chupeta e me colocou em posição de ser chupada também – se não fossem as paredes do motel, me imaginaria na beira de uma estrada rs -, afastou minha calcinha e me chupou deliciosamente! De repente fez uma pausa, olhou para mim sentada no banco com as pernas abertas para fora do carro e soltou: “Que visão linda!”, para logo depois voltar a me chupar bem gostoso. 👄

Depois voltei a chupá-lo também e certo momento ele me afastou. Teimosa como sou, voltei a chupar mesmo assim, e daí ele voltou a me afastar no mesmo segundo. 🤔 Foi o tempo dele tirar minha boca que já começou a gozar, espirrando porra no chão e no meu pé rs. 😯 O engraçado foi que eu não me liguei que ele estivesse quase gozando quando me afastou, e até levei um susto quando, de repente, sem que ele precisasse segurar o pau, começasse a jorrar esperma rapidamente. 😁 Peguei o papel higiênico que tinha no porta luvas do seu carro para limpar o meu pé, e ele aproveitou para também limpar o chão. Na sequência pegamos nossas roupas e subimos para o quarto. Que esquenta foi esse?! Hehe. 🔥

Ele se lavou e então nos deitamos na cama. Conversamos muuuuuito nessa hora. Ele precisava de um tempo para se recuperar e aproveitamos para colocar o papo em dia. Eu tinha me esquecido de como era fácil conversar com ele. Homem de prosa agradável, opiniões que se encaixam, muito bom mesmo. 😊

Aos poucos voltamos a nos beijar e então iniciamos o ardente segundo/primeiro round! 😈 O chupei caprichado primeiro e novamente ele me interceptou para não queimar a largada rs. Daí me chupou bem gostoso de novo também e até pediu que eu deitasse de bruços, para chupar meu rosinha. 😯 Percebi que ele estava esperançoso de rolar anal como da última vez, mas já lhe adiantei que não estava muito afim rs. 😬

Ficamos muito tempo nos amassos, roçando seu pau na minha xaninha bem gostoso comigo deitada por cima dele, e quando íamos encapar, perguntou se eu fazia beijo grego. Respondi que sim e perguntei se ele queria. Disse que gostaria de experimentar, já que nunca fizeram nele. Daí pedi que viesse para a beirada da cama e comecei a trabalhar com a minha língua lá! 😏 No começo bati punheta ao mesmo tempo, mas depois para poder focar melhor no que eu estava fazendo, deixei que ele mesmo se masturbasse. Continuei até ele avisar que já estava bom e então encapamos. 😈

Ele queria experimentar uma camisinha que retardava o gozo, mas pensando bem, concordamos que a segunda gozada por si só já era mais demorada rs. Então decidiu por um preservativo normal mesmo, porém, após um tempo estocando no papai e mamãe, confessou que estava difícil controlar por conseguir sentir minha xana bem quente mesmo encapado. Hehe.

Daí continuou apenas para que eu gozasse (já estava me masturbando desde o princípio) e assim que gozei, interrompeu para trocar a camisinha por aquela outra. Mas aí… a transa não vingou, por agora estar sentindo de menos rs (foi mesmo um dilema de camisinhas rs). Então trocou de novo pelo mesmo tipo da anterior e me pegou de quatro! Após um tempo assim, ainda trocamos para de bruços e estocou nessa última até gozar. 😼

Depois ficamos conversando por um tempão – igual fizemos após a sua primeira gozada -, até que perguntou se ainda nos restava tempo para mais uma brincadeira rs. Olhei o relógio e na verdade tínhamos até passado um pouco rs. Daí fomos nos banhar e partimos. Encontro delicioso de 2h.

Empenhado

Repeteco com o Empenhado!

Nos encontramos na Barra Funda e mais uma vez seguimos para o motel Caribe! 😊 Assim que chegamos, ele já me presenteou, dessa vez com um pijama LINDOOOO da Any Any, super quentinho e fofinho, fiquei apaixonada pelo gatinho da estampa!! Olha que lindeza!! 😻👇🏻

Presente do Empenhado Pijama Any Any

Fiquei toda boba parecendo uma criança feliz rs, e lhe dei aquele beijão em agradecimento. ❤️ Daí já comecei a me despir para entrarmos no ofurô, e enquanto isso ele conectou o seu celular na TV (com cabo USB) para já deixar um filminho pornô no esquema, para quando fôssemos para a cama hehe. – Eu havia comentado com ele que gostava de pornôs com história, e daí ele baixou um para “assistirmos”. – Também aproveitamos para pedir logo o almoço, e enquanto não chegava, entramos naquela água quentinha. 🤗 Dentro do ofurô, o clima foi esquentando e começamos a nos beijar. Daí um começou a masturbar o outro e após alguns minutos sentei no seu colo. Continuamos com as carícias, até que certo momento interrompemos para ir almoçar, que a comida havia chegado. E depois que comemos, fomos para a cama e ele colocou o filme para rolar! 👀

Filme Empenhado Capa Fallen

O filme em questão se chama: “Fallen”. A história é sobre uma anjo (acho que é assim que fala rs) designada para proteger uma mulher, mas que falha, pois esta morre no elevador, após sair do apartamento do namorado. Daí como castigo por ter falhado em sua missão, a tal anjo perde suas asas e passa a viver entre os humanos, observando os seus hábitos, e com isso acaba pegando o gosto pelos prazeres da carne também. (Para ver o vídeo com algumas cenas do filme: clique aqui).

Conforme o filme foi desenrolando, eu fui me excitando, e daí peguei no pau dele e comecei a punhetar. 😏 A coisa começou a pegar fogo, e então ele puxou a camisinha, encapou o menino, e me pegou de ladinho, de um jeito que continuássemos assistindo, mas sem estarmos mais prestando tanta atenção no filme rs.

Me masturbei durante a transa, mas ele acabou gozando antes de mim (apesar de ter desacelerado umas três vezes rs). Ele ia continuar por mais alguns segundos para que eu também chegasse lá, mas daí percebeu uma coisa vermelha na camisinha. Eu não estava para entrar naqueles dias, então também estranhei na mesma hora! Interrompemos a transa e quando olhamos direito, percebemos que o sangue na verdade estava por dentro do preservativo!! Ele estava sangrando??! 😱 Retirou a camisinha  e descobriu um grande arranhão na cabeça do seu pau, que provavelmente foi provocado por mim, enquanto o masturbava!!! 😳 Tadinho! E na hora do prazer ele nem sentiu nada! Ambos ficamos sem jeito. Ele por ter sangrado e eu por ter arranhado. Pedi mil desculpas!!! 😪

Nos lavamos rapidamente e voltamos para a cama. Página virada. Como eu ainda não tinha gozado, ele quis me chupar, mas aquela pausa tinha me desanimado, e falei que era melhor voltarmos a assistir o filme, para entrarmos no clima de novo. Não muito tempo depois, já estávamos ambos excitados, e aí sim concordei que me chupasse hehe. Quando eu estava quase gozando, meu corpo avisou que queria mais, e então pedi que encapasse para transarmos outra vez! Daí ele encapou e veio por cima. Voltei a me masturbar na mesma hora e como já estava em ponto de bala, não precisei de muito para gozar. Que delícia!!

Daí me pediu para ficar de quatro, e conforme estocava com vontade, fui me excitando de novo e voltei a me masturbar, logo gozei a segunda!! 😬 Continuamos mais um tempo assim, até que trocamos e eu que fui por cima. Achei que ele fosse gozar comigo cavalgando, mas preferiu de uma maneira diferente, e perguntou se eu topava fazer beijo grego. Aceitei, claro! E então se posicionou na beirada da cama. Foi se masturbando enquanto eu chupava, até que finalmente gozou! 😌 Depois conversamos mais um pouco, e então tomamos uma ducha para irmos embora (passamos três horas juntos). Encontro intenso e o sexo bom demais! (Como sempre.) 😈