O Verdadeiro Ménage

Querido diário…

Esse post poderia ser mais um de desabafo, mas será de aprendizado. Aprendizado para todos que estiverem lendo e que, por acaso, gostariam ou tem curiosidade de fazer ménage à trois em algum momento das suas vidas.

Posso dizer que sou bastante experiente no assunto. Já fiz muitos ménages ao longo da minha vida, sendo o meu primeiro antes mesmo de ser acompanhante, com uma amiga e seu namorado. 🤭

Ménages masculinos (que são ainda melhores), infelizmente só tive duas experiências. Uma no civil (que você pode ler clicando aqui) e uma no profissional (que ainda não escrevi). Agora ménage com duas mulheres e um homem é bem mais frequente. Seja atendendo em dupla ou atendendo casais.

E se tem uma coisa muito importante que todo mundo deveria saber antes de fazer um ménage com qualquer pessoa é que, Ménage à trois, como a própria palavra já diz, é sexo a três. A três e não a dois. E é de extrema importância que todos os integrantes estejam interligados, em sintonia, não podendo, em momento algum, deixar alguém de fora.

Quando atendo casais, eu sempre tenho muito cuidado com isso inclusive, pois é muito comum o cara se empolgar com quem é novidade naquele quarto, fazendo com que, sem querer, a sua companheira se sinta excluída. Então, sempre dou a maior atenção para a mulher (mais até que ao próprio homem, como uma legítima mulher bi que não sou, mas que nesses momentos desperta esse lado em mim). Afinal, também sou mulher e é da natureza feminina termos a sensibilidade mais aflorada. Às vezes, o cara nem percebe que sua empolgação com uma, está deixando de lado a outra. Por isso esse post. Espero poder abrir a mente de vocês.

Agora, falando de atendimentos em dupla e não casais, se você é um homem que está contratando duas acompanhantes para satisfazer o seu fetiche de transar com duas mulheres ao mesmo tempo, lembre-se de que será muito gentil da sua parte e tornará o momento ainda mais prazeroso se, além de tudo que já citei acima, o que você fizer com uma, também fizer com a outra. 😉

Por exemplo, se chupou uma, retribua chupando a outra depois. Deixará as duas no mesmo nível de tesão e evitará que alguma delas se sinta desinteressante. “Ué, sou obrigado a chupar as duas, se quero chupar só uma?” Obrigado, você não é, ninguém é obrigado a nada, estou apenas dando dicas de como o seu ménage pode ser ainda mais gostoso, sem que role nenhum mal estar para nenhum dos lados. 😉

Você que está lendo isso deve estar pensando: “Hummmm, para ela estar dizendo tudo isso, deve ter passado por alguma situação que não gostou.” Sim, já me conhecem tão bem assim?? 😅

Vivenciei um ménage que acredito ter sido o pior de todos. Como o cliente já tinha saído comigo duas vezes e com a outra acompanhante convidada não, deixou se levar pela empolgação da novidade em alguns momentos, fazendo com que eu me sentisse excluída e mal por estar ali.

Daí você me pergunta: “por que não virou o jogo Sara? Chamando a atenção pra você também?” Eu sou uma pessoa muito tranquila e respeito o momento de cada uma. Só começo a me incomodar se aquele momento deixa de ser apenas um momento e se torna minutos. E se a outra pessoa (no caso ele) não está se importando com a minha presença, por que eu vou me esforçar para agradar alguém que está me ignorando? Comigo não funciona assim. Não cabe a mim implorar por atenção, quando o homem não sabe o real propósito de um ménage. A arte do sexo exige reciprocidade. ☝🏻

O verdadeiro ménage é aquele em que a troca não é desigual. É aquele em que não há egoísmo, independente de quem estiver pagando. É aquele em que no final todos conversam relaxados, embalados na mesma energia.  Se multiplica o prazer e não se divide.

Enfim… o verdadeiro ménage, em toda a sua essência e magnitude, de fato, não é para qualquer um não.