Cliente 158 – “O Restrito”

Quarto 106. Japonês, jovem (28 anos), musculoso e simplesmente lindo! Contudo, super restrito! 😳Logo que entrei, virou o rosto para que o meu beijo pegasse na sua bochecha, e disse que não ia poder me beijar por conta de uma afta. 🤔 Falei que tudo bem, mas ao mesmo tempo fiquei encabulada, imaginando como seria uma preliminar sem beijo na boca rs. Não que eu quisesse beijar alguém com afta, mas a impressão que tive é que só foi uma desculpa dele, para não ter de dizer que não beijava GPs.

O que foi totalmente novo para mim, pois desde que comecei, nunca houve um cliente sequer que não tenha me beijado; claro que tinham alguns que beijavam bem pouco, mas beijo zero mesmo nunca tinha acontecido rs. Logo em seguida ele anunciou que iria tomar banho, o que acabou realçando aquele metafórico “afastamento” rs. Daí, talvez por ter percebido isso, primeiro me chamou para um abraço, dizendo: “Para quebrar o gelo“. Enquanto nos abraçávamos, ele deu alguns beijinhos no meu ombro e pescoço, me fazendo compreender como os beijos de língua seriam substituídos. 😉

Quando pareceu que o abraço já estava ficando “empolgado” demais, interrompemos para que ele fosse então se banhar. O aguardei na cama e já fui me despindo, ficando só de lingerie. Assim que retornou, ao me ver seminua, elogiou o meu corpo, dizendo que parecia de modelo. 😃

Depois começamos com a sessão de beijos no corpo um do outro, e confesso que ainda assim achei muito estranho uma preliminar sem beijo de língua rs. Depois ele disse que queria me ver de pé, e nos levantamos; me girou para que eu ficasse de costas, observando minha bunda. Perguntou quanto eu tinha de altura (ele era mais alto que eu), e depois da minha resposta voltamos a beijar o pescoço e ombro um do outro.

Assim que ele tirou o meu sutiã, comecei a pegar no seu pau por cima da cueca também. Depois me agachei para chupá-lo e me surpreendi quando de repente interrompeu minha chupada, para pegar um travesseiro para os meus joelhos!!  (Que fofinho! Hahaha) 😅 Depois o conduzi para que se deitasse, e continuei com o oral na cama.

Após um tempo, ele me puxou para cima e chupou meus seios, enquanto passava os dedos pela minha xana. Depois voltei a chupá-lo, até que sem aviso, ele pegou uma das camisinhas que eu já tinha deixado separado em cima da cama.

Depois de encapar, começamos com ele por cima e após um tempo revezamos e cavalguei um pouco. Depois ele me levantou e me acomodou na sua cintura, sustentando o meu peso enquanto estocava (até comentou que eu era leve rs). Depois me deitou de novo e meteu mais um pouco no frango assado. Daí comecei a me masturbar e gozamos praticamente juntos (como se ao ver que eu estava gozando, ele tivesse parado de se segurar, liberando o seu gozo também). 😏

Ficou pouco tempo deitado, e em alguns minutos se levantou para tomar banho, me chamando para ir junto, com a vantagem de haver dois chuveiros. Depois que terminamos e voltamos para a cama, conversamos mais um pouco, até que voltei a beijar seu pescoço. Ele também começou a passar seu dedo pela minha xana, e conforme seu pau foi ficando duro, voltei a chupar. Depois de um tempo com aquela delícia na minha boca, ele procurou pela outra camisinha, e como demoramos para achar, nesse meio tempo seu pau amoleceu rs.

Voltei a chupar para reanimar e funcionou. Encapamos e fomos comigo de quatro. 😈 Ele bombeou até seu pau amolecer de novo e concluiu que não conseguiria continuar, dando um singelo tapinha no meu joelho, dizendo: “Fica pra próxima!”. 😉 Achei engraçado rs.

Sendo assim, voltamos a nos banhar e pedi a refeição para mim (ele não quis). Ainda ficou um tempo me fazendo companhia enquanto eu comia (ambos já estavam vestidos) e depois foi embora (o encontro foi de uma hora). Agora eu te pergunto: será mesmo que “Ficará para a próxima?” 🤔 Rsrs.

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.