Repeteco com o Retrô!

Querido diário…

Já disse que amo repetecos né? Amo! Mesmo aqueles que talvez eu não venha mais a relatar. O que não é o caso deste, gosto de compartilhar as coisas que sinto na presença dele. 

Ainda não tínhamos feito praticamente nada, apenas trocado beijo de cumprimento, e naquele momento, em sua cozinha, que ele começou a me apalpar docemente, pude sentir toda a energia que emanava dele, sendo transmitida através do toque da sua mão no meu corpo. Mais do que isso, foi também gostoso ouvir o que ele tinha para me dizer:

– Sabe que sou muito grato por você fazer isso?

– Isso o que? Ser acompanhante? – Perguntei cautelosa.

– Sim. Porque eu jamais poderia me aproximar de você sem ser dessa maneira. Se eu te visse num barzinho, por exemplo, não seria apropriado eu me aproximar.

Pensei um pouco a respeito e realmente, por conta da nossa diferença de idade (ele tem 63), seria bastante inusitado ele me dar uma cantada em outro contexto.

– Então, sou muito grato por poder ter você dessa maneira. – Ele finalizou. 

E eu também. Era muito grata por ter clientes tão gentis e queridos, assim como ele, que de alguma maneira ficavam ainda mais felizes com a minha presença. 😈 Nos beijamos para selar aquele momento de revelações íntimas e seguimos para o quarto, com passos curtos, já que ele continuava me abraçando ternamente por trás.

Já na cama, me deitou, nos despimos e começou a me namorar, deitado por cima de mim, beijando os meus seios e depois descendo para a minha menina. É gostoso ficar com ele. Sabe aquela pessoa que aprecia o seu corpo como se você fosse uma obra de arte? Me sinto uma boneca de porcelana nas suas mãos. Carinhoso, dedicado, que sente prazer em dar prazer. Me chupou mais do que qualquer outra coisa. E como no nosso primeiro encontro eu estava em período menstrual, agora ele conheceu a minha menina pela primeira vez. 🤗

Também o chupei depois, mas os meus mimos eram coadjuvantes perto dos carinhos dele. Enfim encapamos e ele veio por cima, no papai e mamãe. Rapaz disposto, começou na maior energia, mas como ninguém é de ferro, seu menino acabou ficando meia bomba após um tempo de atividade. Pedi que se deitasse, tirei a camisinha e voltei a chupá-lo, terminando por finalizar na mão, assim como no nosso primeiro encontro. ✊🏻💦

Durante a pausa conversamos bastante sobre algumas coisas do seu tempo de mocidade e certa altura, perguntei, um tanto receosa, se ele se importaria de reduzirmos o tempo do encontro de 2h para 1:30, já que acabei chegando um pouco atrasada e se eu fosse cumprir todo o horário combinado, correria o risco de não chegar a tempo para a minha aula.

Claro que, eu jamais proporia isso se ainda estivéssemos no fio da meada, mas ele parecia bastante satisfeito para engatarmos um segundo round. Dito e feito, ele foi super compreensivo e até destacou que eu estava fazendo o certo. Sua generosidade foi tanta que me acertou por 2h mesmo assim, que, obviamente, ficará de crédito para o próximo encontro! 😌

3 comentários em “Repeteco com o Retrô!

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.