Ex-namorado

Cliente 128 – “O Ex-Namorado”

Bom, primeiramente gostaria de esclarecer que lhe dei esse apelido, não por de fato ser um ex-namorado meu, longe disso! Hahaha. Mas ele lembrava demaaaais um namoradinho que eu tive na época da escola! ❤️

Quarto 224. Antes de nos encontrarmos, ele tinha dito que era virgem, mas de virgem não tinha nada hahaha (depois explicou que apenas se considerava um, pois só tinha transado uma vez na vida). Falei pra ele que pra quem só fez uma vez, ele estava muito sabido das coisas! Rsrs.

Assim que acomodei minha bolsa, nos sentamos na cama e ficamos conversando por um tempo. Ele era muito simpático e muito gentil, não parava de me elogiar. Depois de bastante conversa, nos beijamos, um beijo acanhado, mas que aos poucos foi se soltando e se encaixando hehehe. Nos deitamos e fomos nos despindo. Ele era muito carinhoso e beijou meu corpo inteiro, até chegar na minha xaninha. 😛 Depois que me chupou por um tempo, falei que era a minha vez e invertemos os papéis. O chupei até que pedisse pela camisinha, encapamos e como seu pau era grosso, pedi que viesse por cima e que entrasse beeeem devagar. Ele fez do jeitinho que pedi, até que naturalmente foi pegando velocidade.

Não percebi quando ele gozou rs, ele não gemia muito e não senti aquela mudança na respiração, quando “chegou lá” rs. Só percebi que tinha gozado, quando sugeri de trocarmos de posição caso ele tivesse se cansado, e aí ele disse: “na próxima rs”. O danadinho tinha gozado e ainda continuou metendo! Isso é um perigo! Porque se o pau amolece, a camisinha fica dentro. Ainda bem que quando o tirou, ainda estava duro, menos mal.

Ficamos um tempo deitados, até que foi retirar a camisinha gozada e deu uma lavada no menino. Quando retornou, retomamos os beijos e logo voltei para seu grandioso pau. O chupei outra vez até ele pedir pela camisinha. Dessa vez ele quis me pegar de quatro, o obedeci e bombeou bastante, ele metia com tanta força e rapidez que achei que fosse gozar assim, mas não, depois de um tempo me pediu para sentar na mesa. Novamente o obedeci e mais pau pra dentro! Mais um tempo de estocadas e então voltamos para a cama. Dessa vez fui por cima, cavalguei de frente e de costas, conforme seus pedidos. Depois revezamos e ele voltou a vir por cima, no papai e mamãe.

Ele disse que não entendia porque não conseguia gozar de novo, já que a vontade vinha e estacionava rs. Daí como ele se cansou, seu pau foi amolecendo. Assumi o controle e voltei a chupá-lo, revezando com punheta, até que após mais um tempinho, consegui fazer com que gozasse na minha mão. 😊 Ufa! Achei que não íamos conseguir! Rs.

Depois me banhei, ele também, pedimos comida e então fomos embora juntos até o metrô, conversando sobre seriados. Havíamos fechado 2:00. Pense num programa que rendeu! 😛