Repeteco com o Tímido!

Quarto 103. Infelizmente me atrasei 20 minutos (mas obviamente o tempo começou a contar somente depois que eu cheguei). Ele já tinha preparado todo o ambiente, o quarto estava escuro somente iluminado por uma luz neon azul e seu celular estava tocando umas músicas dançantes que para mim pareciam ser coreanas rs. Me desculpei pelo atraso e logo começamos a nos beijar. Nos beijamos bastante de pé, até que nos deitamos. Assim como da outra vez ele mais beijou a mim e ao meu corpo do que o inverso, nem sequer o chupei, ele não fez nenhuma questão quando lhe perguntei se poderia chupá-lo. Também não chegou a tirar meu sutiã durante todo o programa. Ficamos um bom tempo nas preliminares, apenas com beijos e passadas de mão, até que eu tomei a inciativa para transarmos.

Igual no nosso primeiro encontro quase que não deu para enfiar seu pau dentro de mim, ele amolecia com facilidade. Começamos transando com ele por cima e quando percebi que estava se cansando, sugeri a posição de lado, pois lembrei que ele gostava de meter por muito tempo e nessa posição nenhum de nós dois cansaria tão cedo, só que tivemos um pequeno imprevisto dessa vez, enquanto ele bombeava em mim, deu câimbra na sua perna e obviamente seu pau amoleceu. 🙁

Não conseguimos endurecê-lo da forma necessária para uma nova penetração depois disso. Ele me perguntou se eu achava que ele conseguiria me fazer gozar no oral em 5 minutos e até me pediu para marcar o tempo no relógio, falei que dependia e inciamos o desafio. Ele me chupou divinamente e sim acabei gozando dentro do prazo estipulado (não que eu tivesse me controlando para isso, ele realmente chupou muito bem).

A minha falha nesse encontro foi no tempo, eu tinha certeza que ele tinha pedido por 1:30 dessa vez e acabei ficando a mais do que realmente deveria, na hora que ele foi me acertar foi um pouco chato, pois achei que ele estivesse me pagando com o valor errado e o questionei. Na verdade o erro tinha sido meu, voltei a conversa no celular e não sei da onde tinha tirado que ele queria ficar mais tempo dessa vez… por sorte ele aceitou me pagar pelo tempo a mais que acabei ficando. Novamente me presenteou com aquele biscoito de polvilho. Fomos juntos até o metrô.

Deixe uma resposta

You have to agree to the comment policy.